16 de Setembro de 2019,

Política

A | A

Quarta-Feira, 26 de Março de 2014, 18h:55 | Atualizado:

ELEIÇÕES 2014

Mendes minimiza exigência do PR para firmar aliança com Taques

PR quer aliança na proporcional para apoiar Pedro Taques ao governo de MT


Da Redação

Ilustração

mauro-taques

 

Presidente do diretório estadual do PSB, o prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes afirmou que a condicionante dada pelo PR de que é necessário firmar aliança na proporciona para aderir ao grupo político do Movimento Mato Grosso Muito Mais e assim apoiar a candidatura de Pedro Taques ao governo do Estado, não pode ser levada com tanto rigor. Isso porque acredita que nas proximidades da convenção partidária as exigências para firmar uma aliança serão outras. “É natural que os partidos estejam trabalhando em um cenário ideal ao seu interesse. Na hora de fechar as alianças, que será nas convenções, teremos que convergir os interesses e aí trabalhar em conjunto. Até lá, muito vai ser alterado”, disse. 

Questionado se o pedido de licença pode interferir nas composições partidárias, Mendes afirma que outras lideranças do grupo político irão assumir o papel de liderar diálogos com o PR e PP. “Uma delas é o prefeito de Lucas do Rio Verde, Otaviano Pivetta, que já mantém diálogos permanentes”, revela. 

 

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Vigilante | Quinta-Feira, 27 de Março de 2014, 09h19
    0
    0

    Sinceramente, o senador Pedro Taques que abrir fora deste abutres do PR, pois esta aliança vai fazer mais prejuízo do que vantagem. Visto que o Estado de Mato Grosso esta uma antro de corrupção e desmando é exatamente com a participação do PR grudadinho com o Silval Barbosa. Fora todas esta corja de PR.PT,PP,PMDB e todos os parasitas do poder publico.

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS