Política Quinta-Feira, 28 de Março de 2019, 16h:15 | Atualizado:

Quinta-Feira, 28 de Março de 2019, 16h:15 | Atualizado:

IMÓVEL FANTASMA

MP abre investigação sobre gastos de Cuiabá com aluguel de "loja de colchões"

Local seria para abrigar SEC-300, mas pasta funciona junto a Secretaria de Planejamento

TARLEY CARVALHO
Da Redação

Compartilhar

WhatsApp Facebook google plus

predio-sec300.jpg

 

O Ministério Público do Estado (MP), por meio da 13ª Promotoria de Justiça Cível de Cuiabá, instaurou uma Notícia de Fato para apurar possíveis irregularidades acerca da locação de dois imóveis para instalação e funcionamento da SEC-300 (Secretaria Municipal Extraordinária dos 300 Anos). Quem assina o procedimento é o promotor de Justiça, Roberto Turin. 

Nesta semana, a locação, firmada em abril de 2018, ganhou destaque, após a imprensa veicular que, em um dos prédios alugados, funciona uma loja de venda de colchões, na avenida Getúlio Vargas. Um outro prédio, apontado também como eventual local para a pasta, se encontra abandonado.

De acordo com as informações, a prefeitura teria locado dois imóveis, mas, na realidade, apenas um deles foi utilizado. O aluguel do imóvel já custou o montante de R$ 72 mil aos cofres públicos.

À reportagem, o promotor Roberto Turin afirmou que o MP ainda não tem específico o imóvel que será alvo da investigação. "Estamos pedindo informações, como a cópia do processo e cópia do contrato. Só então, após receber os documentos, nós saberemos qual será o imóvel a ser analisado".

A Notícia de Fato antecede a instauração de Inquérito. Neste primeiro momento, o MP irá coletar dados e informações e ver se há indícios suficientes para se abrir uma investigação.

O CASO

Na segunda-feira (25), a reportagem do MTTV-1, da TV Centro América, afiliada à Rede Globo, veiculou uma matéria em que apontava que o imóvel locado pela Prefeitura, situado na Avenida Getúlio Vargas, em Cuiabá, na verdade funcionava uma loja de colchões.

Em resposta, a Prefeitura afirmou que o endereço citado no contrato estava errado e informou a suposta localização correta do imóvel. Porém, chegando lá, novamente houve a constatação de que a SEC-300 não funcionava no local.

A Prefeitura então emitiu novo comunicado, informando que o local abrigaria, na verdade, a Secretaria Municipal de Habitação, que precisava de espaço maior, e que a SEC-300 estava funcionando num anexo, no mesmo espaço que a Secretaria Municipal de Planejamento.

Com todo esse alvoroço, os vereadores de oposição se uniram para cobrar explicações do chefe do Executivo. Ontem (27), o vereador Diego Guimarães protocolou na Câmara Municipal o pedido de instauração de uma Comissão Processante, com o objetivo de apurar os fatos e culminar na cassação do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB).

Hoje, o pedido foi lido, mas só receberá parecer final da Procuradoria-Geral da Casa na próxima sessão, quando a comissão deverá ser instalada. Em sua decisão, o presidente da Casa, vereador Misael Galvão (PSB), argumentou que o autor do pedido protocolou novas provas ainda nesta manhã, o que impossibilitou uma análise aprofundada sobre o caso.

 





Postar um novo comentário





Comentários (4)

  • Juca Curimba

    Quinta-Feira, 28 de Março de 2019, 18h40
  • Dá nada não, esse município é uma zona, faz décadas que esculhambação faz parte da prefeitura e da casa dos horrores.
    6
    3



  • Chico Butija

    Quinta-Feira, 28 de Março de 2019, 18h02
  • Paletó ficou apertado, agora com paletozinho tá enchendo o colchão com dinheiro e arrancando a espuma.
    6
    3



  • jocadomas

    Quinta-Feira, 28 de Março de 2019, 16h46
  • isso ai esta igual a maracutaia daquele cara que filmou ele metendo a mão e dinheiro no paleto, e depois ir ao cartorio fazer uma declaração e assinar dizendo que era grana para o irmão do EP, como se cartorio investiga e mandasse prender e ainda por cima, a mulher dele trabalha na prefeitura, alguem esta levando mas agora é no colchão não mais no paleto
    5
    4



  • Carlos Eduardo

    Quinta-Feira, 28 de Março de 2019, 16h41
  • MPE e Os 3 Patetas da Câmara... Por favor a Cuiabá, vão trabalhar... Os bairros da nossa querida Cuiabá precisam de projetos em todas as áreas. Meus Preclaros Vereadores "Nos" mostre o que vocês fazem em favor a Cuiabá. Honrem os votos dos seus eleitores que com certeza estão arrependidos dessa decisão "idiota"... Se vocês não tem capacidade de elaborar projetos podem pegar exemplos em outras cidades. Não é feio pegar exemplo de coisas que dão certo, feio é o que estão fazendo na atual gestão de vereadores da nossa querida Cuiabá... tenho vergonha dessa "casa dos horrores" que não fazem nada em favor da nossa Querida Cuiabá...espero que na próxima eleição nossos queridos Cuiabanos tenham essa reflexão em cima da atual gestão dos vereadores...
    15
    7









Copyright © 2018 Folhamax - Mais que Notícias, Fatos - Telefone: (65) 3028-6068 - Todos os direitos reservados.
Logo Trinix Internet