18 de Junho de 2019,

Política

A | A

Segunda-Feira, 15 de Abril de 2019, 17h:19 | Atualizado:

SEM CRISE

MPE aumenta em até 30% salários de servidores que ocupam cargos de chefia em MT

Projeto já foi aprovado na Assembleia e aguarda sanção do governador

mpmt.jpg

 

A Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) aprovou, na sessão ordinária de quinta-feira passada (11), o projeto de lei nº 376/2019, proposto pela Procuradoria Geral de Justiça, que trata sobre alterações à Lei 9.782/2012, a qual estabelece o Plano de Carreiras, Cargos e Subsídios do pessoal técnico e administrativo do Ministério Público Estadual (MPE). O projeto – que em razão da autonomia administrativa e financeira do órgão foi aprovado com “dispensa de pauta” e assim segue direto para sanção ou veto do governador Mauro Mendes – dobra o acréscimo aos subsídios dos servidores efetivos ocupantes de cargos de chefia ou direção, de 15% para 30%.

Além disso, também foram reajustados os subsídios do diretor-geral do MPE em quase 30% - de R$ 16.572,39 para R$ 21.543,60. “A medida se justifica pela necessidade de readequar a remuneração para o cargo de diretor-geral do Ministério Público de Mato Grosso, bem como dos servidores efetivos que ocupam cargos comissionados de direção e chefia, ante a relevância das atribuições que lhes são incumbidas”, justificou o titular da Procuradoria Geral de Justiça, José Antonio Borges Pereira.

Ele esclareceu ainda que o impacto sobre o percentual de gastos com pessoal relativo à Receita Corrente Líquida (RCL) do órgão ficará em 1,75% neste ano, 1,69% no ano vindouro e 1,64% em 2021.“Tais medidas promovem a valorização do servidor, servindo de fator de motivação e satisfação o que, por via reflexa, resulta na melhoria da qualidade do serviço público prestado”, acrescenta.

Postar um novo comentário

Comentários (28)

  • Junior | Quarta-Feira, 17 de Abril de 2019, 12h41
    0
    0

    Assim é a nossa "JUSTIÇA", uma VERGONHA NACIONAL! Deveria haver Leis para acabar com essa farra! Vergonha, vergonha de ser brasileiro e nascer nessa terra de desgraça, de corruptos e de uma justiça mal caráter.

  • Wesly | Terça-Feira, 16 de Abril de 2019, 16h57
    1
    0

    Cadê a crise seu governador?

  • walter liz | Terça-Feira, 16 de Abril de 2019, 08h21
    5
    0

    falar que 16 mil é um salario baixo, só na cabeça desse povo, infelizmente dizem que vivemos na democracia, mas vivemos em uma Imperio onde os srs Feudais são essa casta de privilegiados e nós a plebe pagadora de impostos que os financiam , quando será que isso vai acabar ?

  • Areal II | Terça-Feira, 16 de Abril de 2019, 08h02
    11
    1

    CADE OS FDPT QUE ADORA FALAR MAL DE SERVIDOR ..SE CALAM NESSES CASOS HEIM ...CANALHAS

  • alexandre | Terça-Feira, 16 de Abril de 2019, 07h57
    14
    1

    Eu tenho que almoçar com R$15,00 do meu próprio bolso, os caras tem 70,00 pagos pelo governo pra almoçar ? por isso que só tem magrinho no executivo, é marmitão de arroz....e frango.

  • Pacufrito | Terça-Feira, 16 de Abril de 2019, 07h54
    12
    3

    Sinceramente não sei se estes imorais vivem em outro Brasil, ou eles debocham da soceidade, e pior a Al aprova, é um deboche com a sociedade, chega dar nojo, estes imorais estão se lixando se o estado tem ou não dinheiro para pagar os servidores. Ai alguém vai falar haaaa mas eles tem autonomi administrativa, se esta sobrando dinheiro, diminui o duodecimos deles, e gasta este dinheiro com saúde, para salvar vidas. CHEGA DE TANTO DEBOCHE COM A SOCIEDADE.

  • CARLOS | Terça-Feira, 16 de Abril de 2019, 07h54
    14
    0

    ESSES DEPUTADOS SÓ BARRAM DIREITOS DO SERVIDOR DO EXECUTIVO. DÁI TEM CRISE E APROVAM TUDO O QUE O MAURO MENTES QUER PARA FERRAR COM A VIDA DO SERVIDOR.

  • alexandre | Terça-Feira, 16 de Abril de 2019, 07h52
    12
    0

    Ritmo, é ritmo de festas....vai ter que baixar o salario médio do executivo pra 1 salario minimo para manter a despesa dos Poderes....

  • CARLOS | Terça-Feira, 16 de Abril de 2019, 07h51
    10
    0

    KKKKKKKK ENQUANTO ISSO SERVIDOR BARNABÉ DO EXECUTIVO SEM RGA PAR DE ANO, DÉCIMO PARCELADO, SALÁRIO ATRASADO, CONGELADO POR NAO SEI QUANTOS ANOS E VIVA BRASIL UAI ALGUÉM TEM QUE BANCAR ESSA MORDOMIA NÉ NO CASO SOMOS NÓS DO EXECUTIVO.

  • Regina | Terça-Feira, 16 de Abril de 2019, 07h32
    8
    0

    E assim seguimos a vida no Brasil, mas um dia a consciência coletiva ha de "acordar" ...

  • CLEVERSON | Segunda-Feira, 15 de Abril de 2019, 21h45
    10
    0

    LAMENTÁVEL.

  • Zorro | Segunda-Feira, 15 de Abril de 2019, 21h16
    14
    0

    Isso e um desgoverno mesmo, não vejo porque uns servidores que alto salários desse e ainda aumentos de 15 a 30 % e um absurdo isso. O povo assalariado quando recebe aumento e uma miséria....Agora o governo tem que explicar essa atitude dele.

  • Pexoto | Segunda-Feira, 15 de Abril de 2019, 21h16
    17
    0

    Notícia saí no mesmo dia que o peitudo do governador diz que não vai pagar RGA, será que é garantir o aumento deles? Governo fraco.

  • Lúcio peixe | Segunda-Feira, 15 de Abril de 2019, 21h03
    14
    1

    Aí cobram mais impostos e colocam radares p pagar essa farra e não tem vergonha d falar em crise!

  • Jorge | Segunda-Feira, 15 de Abril de 2019, 19h21
    12
    1

    quem arrecada nao tem competencia para administrar. e a maioria das vezes tem acordo com os poderes ai nao pode existir crise mesmo. teriam que ser mais onesta essa distribuicao. mas estamos no brasil onde a palavra onesta fica fora de muitos vocabularios. outro fator sao eleitores desprovido de cerebro por quetao de estamento ou questao de real ou dolar ou euro. e o brasil

  • Willian | Segunda-Feira, 15 de Abril de 2019, 18h58
    21
    0

    Isso que é sapatear nos funcionários do executivo. Esse país não tem jeito mesmo. Crise, só para o executivo... Com a palavra, o sr. governador do Estado. Depois, vem os comentários de uns alienados, achando que a culpa do rombo no Estado, é dos profissionais da educação, da saúde, da segurança. kkkk

  • Eleitor | Segunda-Feira, 15 de Abril de 2019, 18h51
    21
    0

    A CRISE É SÓ NO EXECUTIVO PORQUE E LÁ QUE ESTA MAURO MENDES ESTE GOVERNADOR SÓ SABE FALAR DE CRISE E DESTILAR ARROGÂNCIA E PREPOTÊNCIA CONTRA OS SERVIDORES DO EXECUTIVO.. CADE O FÓRUM SINDICAL? QUE NÃO FAZ UMA GREVE GERAL PARA MOSTRAR PARA ESTE MAURO MENDES QUE OS SERVIDORES É O COMBUSTIVEL PARA FAZER O ESTADO ANDAR.

  • Ramis | Segunda-Feira, 15 de Abril de 2019, 18h35
    17
    0

    Palhaçada, enquanto o fdP do governinho vai nas redes de comunicação , falar q o RGA para os funcionários do executivo só Deus sabe, sua hora vai chegar seu mala!!!!

  • Jose | Segunda-Feira, 15 de Abril de 2019, 18h32
    11
    0

    Oie? Por isso que ninguém cincretiza nada nessa joça! A dias atras essa: https://www.folhamax.com/politica/al-cria-165-cargos-no-mpe-de-mt-e-aumenta-verba-alimentacao-que-chegara-a-r-70-por-dia/205116

  • Areal | Segunda-Feira, 15 de Abril de 2019, 18h16
    13
    0

    E aí Mauro Mendes

  • F.PUBLICO | Segunda-Feira, 15 de Abril de 2019, 18h14
    16
    0

    ESSES MAL CARÁTER DE POLÍTICOS QUE DESTROEM O ESTADO, O INCOMPETENTE DO GOVERNADOR DECLARA ESTADO DE CALAMIDADE FINANCEIRAMENTE, AI VEM OUTROS INCOMPETENTES DOS DEPUTADOS APROVA RGA DO TJ AGORA AUMENTO DE 30% PARA MPE.........E UM TAPA NA CARA DA SOCIEDADE MT.........

  • Dinarte Boé | Segunda-Feira, 15 de Abril de 2019, 18h11
    14
    0

    blá, blá, blá,,, 'o que, por via reflexa, resulta na melhoria da qualidade do serviço público prestado”. Se fosse assim o Brasil teria o melhor serviço público do mundo. É sacanagem em cima de sacanagem.

  • Marià | Segunda-Feira, 15 de Abril de 2019, 18h06
    17
    0

    Cadê a crise!!

  • Raul | Segunda-Feira, 15 de Abril de 2019, 17h50
    25
    0

    E o corporativismo!!! Esses deputados tem o rabo preso e por isso estão puxando o saco do MP Quem deve teme !!!

  • Teodoro da Silva Junior | Segunda-Feira, 15 de Abril de 2019, 17h44
    24
    2

    É um fator de mais motivação ainda aos membros da côrte e uma forte desmotivação aos contribuintes que já pagam um salário fora da nossa realidade aos membros do MPE, que vivem como marajás num estado ainda pobre! Aprovam sem qualquer análise as suas excelências que são os representantes e pseudo defensores do povo!

  • pedro luis | Segunda-Feira, 15 de Abril de 2019, 17h39
    29
    0

    A verdade é uma só. Quem sofre são os funcionários do executivo, que ganham pouco e recebem com atraso. Na Justiça, MPE, TCE e Assembleia não existe a palavra crise. Todos ganham mais que o executivo e recebem em dia. Simples assim...

  • José | Segunda-Feira, 15 de Abril de 2019, 17h36
    34
    0

    Quando se tem rabo preso é nisso que dá enquanto o rga puts

  • Altair Antonio Bedin | Segunda-Feira, 15 de Abril de 2019, 17h25
    36
    0

    não vale a pena comentar.

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS