15 de Agosto de 2020,

Política

A | A

Quarta-Feira, 21 de Fevereiro de 2018, 16h:09 | Atualizado:

PCH SUSPEITA

MPE investiga secretário por contrariar técnicos para supostamente beneficiar empresa em MT

Promotor agendou para o dia 5 e março oitiva de quatro técnicos da Sema


Da Redação

baby-sema.jpg

 

O Ministério Público Estadual (MPE) irá investigar o atual secretário de Meio Ambiente (Sema), André Luís Torres Baby. Ele é suspeito de ter cometido atos de improbidade administrativa ao ter favorecido uma empresa de energia indo contra pareceres feitos por técnicos da pasta.

O atual chefe da pasta está no cargo há cerca de dois meses em substituição ao ex-secretário e vice-governador Carlos Fávaro (PSD). O órgão ministerial agendou para o dia 5 de março uma audiência com quatro técnicos da Sema, que serão ouvidos individualmente.

Serão interrogados Celso Ferreira de Macedo, Jerônimo Couto Campos, Marcia dos Santos e Sidney Carlos Lanza. A suspeita é a de que o atual secretário tenha favorecido a empresa Pan Partners Administração Patrimonial Ltda, no empreendimento energético da Pequena Central Hidrelétrica (PCH) Estivadinho 3.

Na portaria, publicada pelo MPE, não é informada a data em que o favorecimento tenha sido feito. Baby é servidor de carreira da Sema e antes de assumir a pasta, foi secretário-adjunto.

O Ministério Público também requisitou da secretaria informações sobre a existência de procedimentos de natureza ambiental da empresa. Segundo o MPE, Baby realizou atos decisórios “contrários às normas de procedimento e pareceres técnicos emitidos por diversos analistas de meio ambiente sem justificativas de defesa do meio ambiente, colocando em risco a proteção que a ordem jurídica empresta a este bem e em desacordo com o comando constitucional que impõe ao Poder Público o dever de defendê-lo e preservá-lo para as presentes e futuras gerações”.

Ainda de acordo com a portaria, o MPE alega que as determinações de Baby no processo de licenciamento beneficiaram a empresa.  “Foram adotadas em contrariedade com os pareceres emitidos pela equipe técnica do órgão ambiental, evidenciando possível intuito de beneficiar o empreendedor em detrimento da função exercida pelo órgão ambiental e consequentemente do interesse público”, diz o MPE.

OUTRO LADO

Por meio de nota, o secretário afirma que está prestando todos os esclarecimentos solicitados pelo Ministério Público Estadual.

Segue abaixo a íntegra da nota:  

A respeito da portaria 04/2018 da 15ª. Promotoria de Justiça Cível de Defesa do Meio Ambiente Natural que instaura inquérito civil para investigar possíveis atos de favorecimento ao empreendimento energético PCH Estivadinho 3, a Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) esclarece que:

A secretaria bem como seus servidores estão à disposição do Ministério Público Estadual (MPE) para prestar quaisquer esclarecimentos. O processo de licenciamento do referido empreendimento energético foi enviado aos promotores pelo servidor e atual secretário de Estado de Meio Ambiente André Luís Torres Baby em 21 de dezembro de 2017. Desde então, André Baby vem atendendo prontamente todas as demandas da promotoria e segue à disposição para futuros esclarecimentos. O secretário reitera seu respeito e admiração pelos trabalhos desenvolvidos pelo MPE em defesa do Meio Ambiente.

Sendo assim, a Sema reforça o compromisso em atender as demandas dos órgãos controladores e da sociedade.

 

 

 

 



Postar um novo comentário

Comentários (27)

  • Lima | Quinta-Feira, 22 de Fevereiro de 2018, 17h12
    3
    5

    Vamos aguardar as investigações, julgamentos/comentários precipitados não levam a nada.

  • Milena | Quinta-Feira, 22 de Fevereiro de 2018, 14h20
    13
    0

    Um aviso ao baby e sua quadrilha, a roda gigante vai girar, tá acabando esse maldito governo, que alem de roubar e extorquir, escraviza, maltrata e produz assédio moral. Tomará que paguem com a mesma moeda no próximo governo, e respondam civil e criminalmente pelos seus atos hoje praticados.

  • PAULO GOMES | Quinta-Feira, 22 de Fevereiro de 2018, 10h44
    3
    8

    TAMBÉM ACHO INJUSTO JULGAR PRECIPITADAMENTE AGUARDAR...

  • servidora da SEMA | Quinta-Feira, 22 de Fevereiro de 2018, 08h14
    11
    8

    Caro Servidor da Sema, inveja de que? De estar nas páginas da internet como investigado???? Fala sério, realmente, você deve ser mais um daqueles "pau mandado" que faz tudo de errado pra puxar saco dos que "estão chefes" . Se fosse correto, com certeza não estaria sendo julgado pelos sábios da internet. Até queria saber quem é você pra ver seu perfil e ficha limpa... No mínimo é mais um dos idiotas, incompetentes e que lambem o chão pra cada chefe que chega pra fazer média, o famoso tipinho, medíocre. Deve ser tão "zé ruela" quanto este Baby, como ele é chamado nos corredores da sema.... Vai catar coquinho, vai!!!! Melhor, vai trabalhar!!!!

  • Joana | Quinta-Feira, 22 de Fevereiro de 2018, 07h51
    6
    7

    ....trabalhar na Sema é problema, ou sai cagado ou sai melado.

  • Consciência limpa | Quinta-Feira, 22 de Fevereiro de 2018, 07h47
    8
    8

    As pessoas deveriam aguardar o fim das investigações para descer o martelo. O indivíduo está sendo investigado. Não significa que ele é culpado. O nome do homem está sendo exposto sem mesmo ter a comprovação de que ele é culpado! Por favor, sejam menos precipitados em julgar as pessoas. Comecem parando de furar filas e sinais vermelhos. Dai sim passem a julgar pessoas COM provas concretas.

  • Servidor sema | Quarta-Feira, 21 de Fevereiro de 2018, 23h09
    15
    24

    A tal da inveja é companheira dos fracassados, todos que trabalham no órgão está sujeito a uma investigação, no entanto a condenação vem sem julgamento dos sábios da internet, vão trabalhar cambada ocupar a mente em algo construtivo para a sociedade.

  • Marcus vinicius | Quarta-Feira, 21 de Fevereiro de 2018, 21h30
    26
    8

    Entrou com sede ao pote, também apto chiquerrimo, carrão do ano, viagens internacionais direto, aí da na cara, rendimento incompatível com fluxo de bens, vai fundo aí porque floresta tá virando cerrado.

  • Indignado | Quarta-Feira, 21 de Fevereiro de 2018, 20h38
    22
    5

    Alô MP, investiguem a SEMA inteira, vai faltar cela!

  • mirtes | Quarta-Feira, 21 de Fevereiro de 2018, 20h04
    29
    8

    os senhores promotores são inteligentes e não vai cair na conversa mole desse ai, tem que ir fundo, investigar inclusive o patrimônio desse individuo, a fofoca é grande, dizem que é muito guloso, ele e a turma dele dentro da sema, muita coisa incompatível com o salário. e tem testa de ferro na jogada.

  • monica | Quarta-Feira, 21 de Fevereiro de 2018, 19h56
    19
    4

    finalmente já está acabando o mandato desse governo de escândalos, recheado de valhacoutos, denunciados pela justiça, ex-presidiários e malandrinhos aprendizes como esse baby. tá acabando a mamata cambada, ano que vem a roda gigante vai girar.

  • Rogerio | Quarta-Feira, 21 de Fevereiro de 2018, 18h48
    38
    5

    Alo mp e mpf. O nome que tem que investigar e maurren. As pchs que foram liberadas em 60 dias ate estorou a barragem. Pra todos ter um bom futuro

  • Gargamel | Quarta-Feira, 21 de Fevereiro de 2018, 18h43
    26
    2

    É rapaziada... quero ver quando os smurfs serão investigados.

  • William | Quarta-Feira, 21 de Fevereiro de 2018, 18h40
    43
    4

    Maior mal sem alça que existe, além de não saber se relacionar com os tecnicos de carreira. E arrogante, prepotente, prática assédio moral e adora uma comissaozinha, todos sabe disso lá dentro da SEMA.

  • Aldair | Quarta-Feira, 21 de Fevereiro de 2018, 18h26
    36
    1

    Não se esqueçam do rolo lá em Ricardo Franco, quando esse rapaz fez e aconteceu para aliviar a barra do ministro da Casa Civil.

  • António augusto | Quarta-Feira, 21 de Fevereiro de 2018, 18h22
    38
    6

    Essa empresa e dos maluf com ralf rueda. Um lobista malandro ex sócio do fila, envolvido em todo tipo de maracutaia e falcatrua, demorou demais para o mp tomar atitude. Deve ter rolado muita grana nesse rolo. Parabéns mp.

  • Kesia | Quarta-Feira, 21 de Fevereiro de 2018, 18h10
    14
    56

    Isso é intriga dos próprios servidores, infelizmente. Esse servidor André é um bom técnico, ético, integro e seus colegas devem dar suporte para ele enquanto Secretário da Pasta, pois assim a carreira dos profissionais do meio ambiente terá melhorias. Poderemos mostrar e provar que a Sema tem muitos técnicos excelentes. André não liga para as interferências do mal, faça o seu trabalho.

  • hahahahahahahahaha | Quarta-Feira, 21 de Fevereiro de 2018, 17h49
    17
    9

    Impossível. Intriga da oposição e dos invejosos. Ele é até evangélico!!! hihihihi. Se phodeu que eu sei nadar.

  • Jose Henrique Vargas | Quarta-Feira, 21 de Fevereiro de 2018, 17h43
    29
    3

    A empresa é uma sociedade onde um dos sócio majoritário é MARCELO MALUF. Aiiiiii tem mesmo!!!!!!!! PARABÉNS MPE vá afundo pois descobrirão mais coisas.

  • PAULO | Quarta-Feira, 21 de Fevereiro de 2018, 17h40
    33
    2

    SE FOSSE SÓ ISTO.... DEVERIAM INVESTIGAR A SEMA INTEIRA. BENEFICIAM NÃO SÓ EMPRESAS MAS TAMBÉM POLÍTICOS, MINISTROS, GIGI QUE O DIGA...

  • Ludmila | Quarta-Feira, 21 de Fevereiro de 2018, 17h33
    38
    4

    Dias desses esse rapaz estava passeando de helicóptero, numa farra do dinheiro público, agora esse escandaloso tráfico de influência. Quem o conhece sabe que baby é bem fraquinho tecnicamente, então alguém (será o Nilson leitão, seu chefe?) mandou ele fazer isso, porque ele sequer sabe redigir um parecer técnico. O que importa é que ele está disposto a tudo pra sair do cargo rico, é preciso que o MP availe também outras tomadas de decisões, principalmente na superintendencia de gestão florestal.

  • Servidor público estadual | Quarta-Feira, 21 de Fevereiro de 2018, 17h14
    69
    4

    Depois falam que tem que ser servidores de carreira nos cargos de liderança, na verdade precisa ser honesto de carreira ou não.

  • Crítico | Quarta-Feira, 21 de Fevereiro de 2018, 17h02
    26
    15

    Se o Promotor vai INVESTIGAR então, AUTOMATICAMENTE, quer dizer que o Secretário é culpado... Entendi o raciocínio do POVÃO!

  • Hudson | Quarta-Feira, 21 de Fevereiro de 2018, 16h41
    60
    5

    Esse vai sair algemado da SEMA, esse aí é apenas um episódio a ser investigado, não só pelo MPE, mas, MPF também. Tem mais coisas, aguardem!!!

  • Wilson Martins | Quarta-Feira, 21 de Fevereiro de 2018, 16h28
    52
    5

    Começou bem esse moço.

  • Raimundo | Quarta-Feira, 21 de Fevereiro de 2018, 16h27
    34
    1

    Deveriam investigar também o arquivamento do inquérito que tratava do concurso para delegado, certamente foi para beneficiar a Cebraspe.

  • Natascha Lopes | Quarta-Feira, 21 de Fevereiro de 2018, 16h25
    59
    6

    Eita...mas já fazendo coisa errada? Estado de Transformação do desgoverno Taques...depois a culpa é do Silval

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS