19 de Abril de 2019,

Política

A | A

Segunda-Feira, 25 de Março de 2019, 09h:30 | Atualizado:

PEDIDO DE PRISÃO

MPF inclui Maggi em “Orcrim partidária” chefiada por Temer no Brasil

Medida cautelar proposta pelo MPF narra que suposta organização agiu na transição entre os governos Dilma e Temer


Da Redação

maggi-temer.jpg

 

O pedido de prisão do ex-presidente Michel Temer (MDB) – assinado por 11 Procuradores da República no último dia 15 de março -, cita o ex-governador de Mato Grosso e ex-ministro da Agricultura, Blairo Maggi (PP), como um dos integrantes da suposta organização criminosa que agia na cúpula do Governo Federal na transição entre os Governos do PT e do MDB, durante o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT), em 2016.

O documento narra o episódio a partir do início do distanciamento entre o PT e o MDB – o principal aliado das gestões petistas, desde o primeiro mandato do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva -, em 2015. O MPF cita até mesmo um personagem que anda meio esquecido nos meios de comunicação, mas que pode ser considerado o grande “carrasco” da segunda gestão de Dilma Rousseff: o ex-presidente da Câmara de Deputados, Eduardo Cunha (MDB).

“No início de 2015, Eduardo Cunha decidiu não observar o acordo de alternância entre PT e PMDB e lançou-se candidato à Presidência da Câmara dos Deputados numa disputa com o candidato do PT Arlindo Chinaglia. Esse episódio marcou uma virada importante no relacionamento entre os integrantes do núcleo político da organização criminosa do ‘PMDB da Câmara’ e do PT. As desconfianças foram alimentadas pela instauração no âmbito do STF de inúmeros inquéritos relacionados à Operação Lava Jato”, diz trecho do pedido.  

O MPF segue, relatando que as diferenças entre os dois principais partidos do Brasil na época não foram “superadas”, estendendo-se até o ano de 2016. “O certo é que, em 29.03.2016, o PMDB decidiu deixar formalmente a base do governo e, em 17.04.2016, o pedido de abertura de impeachment da Presidente Dilma Rousseff foi aprovado pela Câmara dos Deputados [...] A partir daí, houve um rearranjo no núcleo da organização apenas para se excluir dele os integrantes do PT, sem que isso tenha significado o término das atividades ilícitas por parte da organização criminosa”, revela o MPF.

O pedido de prisão de Temer relata ainda que os membros que já faziam parte da organização criminosa precisavam ser “acomodados” na nova gestão que se iniciava com Michel Temer na presidência. Segundo o MPF, Temer, no restante do mandato (em agosto de 2016) “garantiu espaços relevantes aos líderes do PP e do PMDB que já pertenciam à organização criminosa”.

Entre os líderes do PP está Blairo Maggi – que chegou a ser base das gestões petistas no Governo Federal -, e que passou a ser ministro da Agricultura com Temer presidente, conforme quadro abaixo extraído do próprio pedido de prisão de Michel Temer.

Apesar de citar Michel Temer nas investigações, o MPF não pediu nenhuma medida contra Blairo Maggi. Atualmente, ele não ocupa nenhum cargo institucional na polítca, nem disputou as eleições em 2018. Maggi foi senador da República até janeiro de 2019.

Temer foi preso na manhã desta quinta-feira (21) pela força tarefa da operação “Lava Jato” do Rio de Janeiro. A prisão foi determinada pelo juiz da Sétima Vara Criminal da Seção Judiciária do Rio de Janeiro, Marcelo da Costa Bretas, que atendeu a um pedido do Ministério Público Federal (MPF). A medida cautelar baseou-se na delação do proprietário da Envegix, José Antunes Sobrinho, que declarou ter pago R$ 1 milhão para obter um contrato com a Central Nuclear Almirante Álvaro Alberto, conhecida como “Angra 3”.    

temer-maggi.jpg

 

 

Postar um novo comentário

Comentários (13)

  • Galdencio | Segunda-Feira, 25 de Março de 2019, 15h21
    1
    0

    Esse porco do BM foi alçado ao posto de bilionário roubando dinheiro público. Copa do mundo, VLT, Escândalo dos maquinários, falcatruas no Ministério da agricultura, ............a capivara desse elemento é extensa. Tinha que ser preso e guilhotinado.

  • André Nassimbeni | Segunda-Feira, 25 de Março de 2019, 11h46
    6
    0

    Esse meu xará, é um louco de pedra. A lava jato tá expurgando o que de mais podre tem nos poderes. Que prendam mesmo esses parasitas, ladrões e assassinos. Só assim, teremos o mínimo de igualdade social. Tá longe, mas o caminho é esse.

  • Juca Curimba | Segunda-Feira, 25 de Março de 2019, 11h45
    5
    0

    Tinha comprado de seu Dito Bolita duas caixa de rojão para estourar no jogo do Framengo não tem, já guardei uma pra inframa com ela no dia da prisão desse roliço ali no CCC, vai se inframado guri. Será que ele fez esse faculdade?

  • Marcelo | Segunda-Feira, 25 de Março de 2019, 11h28
    6
    0

    Quando vejo comentários igual a esse do André entendo porque o Brasil esta nas mãos de Larápios, homens sem honra , simplesmente vergonhoso se reconhecer corrupto e não fazer nada pra mudar !! Que pensamento horrível!! A corrupção mata, olhe quantas vidas ceifadas diariamente por falta de estrutura e o recurso nos bolsos desse povo!!

  • sediclaur | Segunda-Feira, 25 de Março de 2019, 11h19
    6
    0

    A batata desse Magi já assou faz tempo nesse grude dele com o PT (Lula e Dilmanta) e com o MDB(Temer mordomo)! É só servir antes que esfrie! Vai pra cima PF! Taca-lhe pau! Isso fora os desmandos dele a nível do estado de MT que têm que ser também julgados imparcialmente.

  • João Pedro | Segunda-Feira, 25 de Março de 2019, 11h12
    6
    0

    Delapidaram o Brasil !! Que saque, daqui a 100 anos vai ser história pra estudante, tal como falam do império ROMANO, BABILÔNICO!! Não sei como tem coragem de andar nas ruas e encarar o povo!! Que vergonha, exatamente hoje, por causa desses déspotas o Brasil teve seu risco de investimentos elevado, ou seja, mais desgraça, mais desemprego, mais suicídios, mais caos, e agora a culpa é da LAVA JATO?? Da nojo!!

  • José | Segunda-Feira, 25 de Março de 2019, 10h55
    9
    0

    André não o conheço mas pelas suas palavras você deve ser filho ou parente de deputado

  • renato | Segunda-Feira, 25 de Março de 2019, 10h41
    8
    0

    tem que ir para cadeia mesmo ou ee acha que todo dinheiro dele vai comprar a justiça?

  • Jonas | Segunda-Feira, 25 de Março de 2019, 10h34
    8
    0

    Quanta babozeira, Andre. O Brasil está desse jeito por conta desse tipo de pensamento retrógrado dp heitinho brasileiro. Se nao quer ir pra cadeia, ande na linha.

  • Véio Joaquim | Segunda-Feira, 25 de Março de 2019, 10h32
    7
    0

    ANDRE, somente o seu DNA TEM CORRUPÇÃO. O meu não tem e nunca terá.....

  • Antônio | Segunda-Feira, 25 de Março de 2019, 09h57
    15
    1

    Pilantra tem que ir para cadeia...

  • andre | Segunda-Feira, 25 de Março de 2019, 09h54
    1
    30

    Chega gurizada, essa porra de LAVA JATO, está quebrando o BRASIL, vcs perceberam que o Brasil só funciona com corrupção? Não tem jeito, não vai mudar, a corrupção está no nosso DNA, infelizmente, todos esses mega empresários só estão ricos pela corrupção, mas em contra partida estão gerando alguma riqueza e trabalho para o país, infelizmente é o sistema, o que eu sugeriria seria acordo extra judicial, como se fosse uma segunda chance, não toda essa papagaiada toda, que nós sabemos que não servirá para nada, se continuar avança a lava jato, o BRASIL VAI QUEBRAR, só que essa gurizada nova, não vê isso, pois tem a sua renda, e não dependem diretamente desses empresários, e quem vai sofrer é o pobre do trabalhador da inciativa privada. Bom é vcs que sabem, no Brasil, a CORRUPÇÃO É UM MAL NECESSÁRIO!Não sou partidário, não defendo corrupto, só estou expondo a minha opinião de observador, só isso,

  • Mirtes sapezal | Segunda-Feira, 25 de Março de 2019, 09h52
    15
    1

    é só o começo, agora é hora de acertar o que deve a justiça sr maggi e não vai ter ministro pra te soltar não, que tá tudo amarrado. vamooo Brasil!!!!!!!!!

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS