05 de Agosto de 2020,

Política

A | A

Terça-Feira, 11 de Março de 2014, 15h:05 | Atualizado:

ARTICULAÇÕES

Nos bastidores, Maggi já fala em apoiar Daltro se Silval sair

maggi-cuba.png

 

O nome do vice-governa-dor e presidente do PSD, Chico Daltro, poderá contar com aval do senador Blairo Maggi (PR) na corrida ao governo, nas eleições deste ano. Esse quadro ainda é analisado pelo senador, considerando nesse campo, eventual saída do governador Silval Barbosa (PMDB) para a disputa a cargo eletivo.

Fonte do PR destaca que Maggi aguarda o dia 5 de abril para, na sequência, dar a largada sobre os entendimentos políticos. É a data limite, seguindo a legislação eleitoral, para que Silval anuncie sua desincompatibilização, se resolver participar do embate eleitoral.

A chance de Daltro assumir o comando do Estado, ainda neste ano, lhe daria real possibilidade de ter seu nome unificado entre os partidos da base. O perfil do pessedista, que detém vasta experiência na lida da gestão pública, seria visto com bons olhos pelo senador Blairo Maggi.

Esse panorama também estaria sendo avaliado pelo senador republicano e nessas condições, ficaria distanciada a aproximação com o PDT.O apoio de Maggi para outro candidato do grupo da situação, também faz parte da leitura.

Em tempo, o apoio a Daltro contaria com uma parcela de simpatia, porque reforçaria o palanque à reeleição da presidente Dilma Rousseff. Secretários próximos do governador acreditam na chance de ele permanecer à frente do Estado até o dia 31 de dezembro.

Movimentações, como a saída do cargo da ex-secretária de Estado de Trabalho e Assistência Social, Roseli Barbosa, em fevereiro, reacenderam rumores de que Silval possa ingressar no processo eleitoral. Para o analista político, João Edisom, eventual posse de Daltro no governo, projetaria nele força suficiente para aglutinar siglas, se tornando o principal candidato à chefia do Executivo no pleito geral.



Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS