15 de Agosto de 2020,

Política

A | A

Sexta-Feira, 16 de Fevereiro de 2018, 01h:07 | Atualizado:

CASA DOS ARTISTAS

Oito vereadores acionam Justiça contra mudança em eleição em VG

Votação foi antecipada de maio para este mês contrariando lei orgânica


Da Redação

camaravggggg.jpg

 

Oito vereadores de Várzea Grande tentam barrar uma alteração no Regimento Interno feita pela atual mesa diretora. Eles protocolaram nesta quinta-feira um mandado de segurança contra o ato do presidente da Câmara Municipal, Chico Curvo (PSD), que mudou a data da eleição da Mesa Diretora para o segundo biênio de maio para fevereiro deste ano.

O Regimento Interno previa que a eleição da Mesa Diretora, que é composta pelos vereadores que definem a pauta do Poder Legislativo Municipal, além das finanças da Casa, deveria ocorrer no dia 14 de maio com posse apenas em 1º de janeiro de 2019 já que o mandato da Mesa dura dois anos. Com a mudança, a eleição ficou para a primeira sessão do ano, logo após o recesso, ainda neste mês.

Assinaram a ação na Justiça que permitirá a entrada do mandado de segurança, os vereadores João Madureira dos Santos (PSC), Jânio Calistro (PSD), Nilo Campos (DEM), Doutor Miguel (PSDB), João Tertuliano de Barros (DEM), Rodrigo Coelho (PTB), Ademar Jajah (PSDB) e Carlino Neto (PV). O argumento dos parlamentares é de que a data de 14 de maio está prevista na Lei Orgânica do Município, que se sobrepõe ao regimento.

PLÁGIO

A controversa tentativa de mudança do Regimento Interno da Câmara de Várzea Grande possui ainda outro fato “inusitado”: a suspeita de que o projeto de resolução teria sido “plagiado”. O documento possui a seguinte redação. “A Mesa Diretora da Câmara dos Deputados de Várzea Grande, Estado de Mato Grosso resolve: art. 1º Alterar o art. 15 do Regimento Interno da Câmara dos Deputados de Várzea Grande”.

A redação correta seria “Câmara de Vereadores” e não “Câmara de Deputados de Várzea Grande”. Esta não é a primeira vez que a vereadora Gisa Barros, que é relatora do projeto de resolução, é suspeita de cometer plágio.

Em sessão de março de 2017, ela apresentou um projeto para criação do Fundo Municipal de Cultura que continha a seguinte redação. “Promover o intercâmbio e a circulação de bens e atividades culturais com outros Estados e Países, difundindo a cultura paulista; valorizar os modos de fazer, criar e viver dos diferentes grupos formadores da sociedade paulistana”.

De acordo com informações, a autoria do projeto é do vereador de São Paulo (SP), Paulo Reis (PT), e foi proposta na gestão Fernando Haddad (PT).



Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Ricardo | Sexta-Feira, 16 de Fevereiro de 2018, 10h41
    5
    0

    Casa de Famintos

  • Antoniel José Martins | Sexta-Feira, 16 de Fevereiro de 2018, 10h37
    6
    2

    Parabéns aos Vereadores pela decisão. A Justiça não pode associar a tipo de Golpes contra a Democracia e ao respeito dos Direitos Contitucionais ..O MP , a PF é o GAECO tem que intervir quando em proteção a Sociedade .

  • VG | Sexta-Feira, 16 de Fevereiro de 2018, 09h02
    6
    0

    Vão trabalhar pela populaçao bando de desocupados...

  • Sandro | Sexta-Feira, 16 de Fevereiro de 2018, 08h53
    5
    1

    Ninguém merece essa câmara de VG! Aliás, ninguém merece que EXISTA câmaras de vereadores, cuja única finalidade se resume a extorquir dinheiro público, e só.

  • José Carlos Projake | Sexta-Feira, 16 de Fevereiro de 2018, 05h30
    3
    0

    Está Cidade de Várzea Grande , sofre com essa falta de respeito , tudo pode tudo se faz ! Onde já se viu , onde chega essa Ganância para tal atitude ., Passar por cima da Lei Orgânica de um Município, atropelar e pintar e bordar em um REGIMENTO INTERNO, para satisfazer a cobiça do Atual PRESIDENTE,. Uma Cidade linda , crescendo mas fardada ao insucesso POLÍTICO , pela péssima escolha de alguns representantes da sociedade. O JUSTIÇA não deve se acorvadar aos desejos de TUMULTUAR a serenidade de uma Casa de Leis . Cuiabá conhecida como Casa dos Horores , e a Várzea Grande como Casa dós Vechames .

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS