20 de Setembro de 2019,

Política

A | A

Segunda-Feira, 19 de Agosto de 2019, 07h:45 | Atualizado:

MANHÃ QUENTE

Operação prende assessor de deputado do PT por esquemas na Educação de MT

huark-prisao-defaz.jpeg

 

A Polícia Civil realiza na manhã desta sgunda-feira mais uma operação para combater crimes de corrupção em Mato Grosso. São cumpridos cerca de 10 mandados de busca e apreensão e até de prisão.

Informações extra-oficiais dão conta que a operação estaria relacionada a desvios na educação indígena na Secretaria de Educação de Mato Grosso durante a gestão do ex-governador Silval Barbosa (sem partido). Um assessor de um deputado estadual Valdir Barranco (PT), ex-secretário adjunto na pasta, já estaria preso por suposta participação no esquema milionário durante o período em que a pasta era comandada pela atual deputada federal Rosa Neide Sandes (PT).

Um condomínio de luxo em Cuiabá teria sido ocupado por agentes e delegados da Delegacia Fazendária. Parlamentares também são suspeitos no esquema.

 

 

Postar um novo comentário

Comentários (24)

  • Lula Rapio | Segunda-Feira, 19 de Agosto de 2019, 22h45
    2
    0

    São iguais rato, roem tudo que podem carregar... Isso é uma desgraça para o Brasil.

  • joao | Segunda-Feira, 19 de Agosto de 2019, 18h59
    4
    1

    PETRALHAS SENDO TODOS PRESOSM, PARABENS DEFAZ-MT

  • alexandre | Segunda-Feira, 19 de Agosto de 2019, 14h02
    6
    1

    Das buscas na mansão de Rosa Neide à prisão do ex-adjunto , ela não é investigada, mas houve busca e sim....

  • Maria | Segunda-Feira, 19 de Agosto de 2019, 13h57
    1
    10

    Uma deputada federal com prerrogativa de foro sofreu busca e apreensão decretada por um juiz de piso? Tem ou não tem abuso de autoridade neste país? Ou esta ação é midiática?

  • Marcos | Segunda-Feira, 19 de Agosto de 2019, 13h32
    7
    1

    Roubaram até os caderninhos dos índios???

  • FIDEDIGNO | Segunda-Feira, 19 de Agosto de 2019, 13h19
    6
    1

    Por conta desses "foros" que os ladrões nadaram de braçada até hoje

  • FIDEDIGNO | Segunda-Feira, 19 de Agosto de 2019, 13h19
    9
    0

    Por conta desses "foros" que os ladrões nadaram de braçada até hoje

  • Estagiario 02 | Segunda-Feira, 19 de Agosto de 2019, 12h58
    9
    0

    Se ir mais afundo cai mais servidores ai. é só abrir os olhos.

  • Adri | Segunda-Feira, 19 de Agosto de 2019, 12h34
    9
    0

    Vixi, a casa vai cair p mta gente ainda ... tem deputado recém eleito q não vai dormir...

  • Guto | Segunda-Feira, 19 de Agosto de 2019, 12h31
    0
    9

    José falou tudo. Lei de abuso de autoridade já. Competência é competência. Ponto!

  • INRI | Segunda-Feira, 19 de Agosto de 2019, 12h19
    6
    0

    E esse bacana desejava e cantarolava p todos cantos que queria ser prefeito desse buraco chamado Nortelândia, pqp, taí o candidato certo p essa cidade, imagina o regaço que iria fazer.

  • +Rogério' | Segunda-Feira, 19 de Agosto de 2019, 11h52
    8
    0

    José, tem necessidade de importar capim para os Petóbas (de tanto que tem), caso contrário vocês irão passar fome. Larga de ser defensor de bandido, cria vergonha na cara e pelo menos tenta fazer papel de homem.

  • José | Segunda-Feira, 19 de Agosto de 2019, 11h39
    3
    1

    QUANDO É QUE SERÁ INVESTIGADO O DESGOVERNO PEDRO TAQUES ? O DESGOVERNO PEDRO TAQUES QUEBROU O ESTADO POR CAUSA DOS MAIS DE R$25 BILHÕES DE IRREGULARIDADES EM 2015 A 2018. Até agora não foi apurada a responsabilidade de todos os membros do desgoverno taques quanto aos desvios e fraudes do desgoverno da transformação do estado em caos e roubalheira, cujas irregularidade somadas já ULTRAPASSARAM OS $25 BILHÕES. Só para lembrar aí vai a lista detalhada dos mais de $25 bilhões em irregularidades pendentes de serem apuradas: R$69 milhões em desvios na caravana da transformação; perdão de R$645 milhões em dívida da petrobrás; perdão de R$5 milhões de reais em dívidas da unimed cuiabá; a operação Rêmora por desvio de R$57 milhões na SEDUC; operação Bereré por desvio de R$30 milhões no Detran; operação Grampolândia na segurança pública usada para chantagear adversário; delação de Alan Malouf sobre Brustolin recebendo R$80 mil por fora todo mês; delação de Alan Malouf e Perminio indicando que secretários (Permínio, Brustolin, Julio Modesto e etc) recebendo mensalinho de R$30 mil/mês; mensalinho R$100 milhões por dentro para os deputados; rombo de R$4 bilhões no caixa e desvio de $500 milhões do Fundeb; desvio de R$1,2 milhões no fundo de trabalho escravo; desvio e apropriação de R$300 milhões dos municípios; desvio e apropriação de R$300 milhões dos poderes; aumento de $2 bilhões nos Incentivos Fiscais; aumento de milhares de cargos políticos comissionados, aumentou da folha de pagamento pela contratação de mais de 10.000 pessoas; uso da justiça para proteger seus amigos e secretários conforme disse o cabo Gerson; delação de Alan Malouf tratando de 12 tipos de corrupção entre elas os $10 milhões de caixa 2 administrados por Alan Malouf e Julio Modesto; licitação irregular de 11 bilhões para transporte interestaduais; desvio de R$58 milhões em pontes na SINFRA; $300 milhões em vantagem cobrada de quem recebeu antecipado no decreto do bom pagador; crédito de R$100 milhões para o primo Paulo Taques; maracutaia com a juizá candidata para ferrar o Silval e a família dele; irregularidades de R$3 bilhões no Edital nº 02/2018 da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra) sobre rodovias MT 246, MT 343, MT 358 e MT 480. Além disso, apropriação indébita de R$70 milhões descontado dos salários dos servidores públicos para pagar empréstimos consignados, estouro da folha pagando vantagens para apaniguados políticos que receberam salários acima de R$100 mil, contratação irregular de 2000 cabos eleitorais na SEDUC para fazer campanha para o ex-secretário Mahafon, peculato ao gastar R$10 milhões em telefone por secretaria do estado durante a campanha eleitoral para o governo 2018; R$180 milhões em indenizações irregulares pagas em 2018 as empresas supostamente prestadoras de serviços na Secretaria de Estado de Saúde Secretaria. Pedro Taques e Gallo cometeram crime de responsabilidade de R$3,7 bilhões ao deixar restos a pagar para o próximo governo sem a devida provisão de fundos exigida na Lei de Responsabilidade Fiscal.

  • Dona Janete | Segunda-Feira, 19 de Agosto de 2019, 11h14
    4
    0

    Esse José deve ser do PT.

  • Darlene Silva | Segunda-Feira, 19 de Agosto de 2019, 10h58
    2
    2

    José leia novamente o texto, em nenhum momento fala que houve busca na residência da Deputada Federal.

  • Analista Político | Segunda-Feira, 19 de Agosto de 2019, 10h49
    7
    0

    O câncer da Administração Pública são os cargos comissionados.

  • Quem tem * Tem medo! | Segunda-Feira, 19 de Agosto de 2019, 09h36
    9
    0

    Ahhhh eis o motivo da depressão do "Barranco". Tudo explicado! Hahahahahahahahahahaha.. Petista... huuuum.... Só pra constatar mesmo. Máfia é máfia; corrupto é corrupto, mané é mané. Mané é o povo!

  • Ares | Segunda-Feira, 19 de Agosto de 2019, 09h18
    3
    1

    Pra defender bandidos só outros bandidos

  • Alex Meves | Segunda-Feira, 19 de Agosto de 2019, 09h15
    5
    0

    Jose, a prerrogativa de foro é SOMENTE para ações originária no período do mandato e vinculado a função desempenhada no cargo! Não é o caso!

  • ROBERTO RUAS | Segunda-Feira, 19 de Agosto de 2019, 09h04
    6
    0

    É por isso que eu digo , nosso país precisa de uma nova constituição , pois essa que temos é uma bosta , e tem a única finalidade de proteger quem tem algum poder . Esse pessoal nunca vai sofrer nenhuma punição , e ainda tem gente que ainda invoca a infame prerrogativa de foro para defender esse cambada.

  • Estagiário | Segunda-Feira, 19 de Agosto de 2019, 09h00
    5
    0

    - Tem não José. O fato foi praticado quando ela não era deputada.

  • Paquetá | Segunda-Feira, 19 de Agosto de 2019, 08h42
    3
    0

    Aí barranco, sua casa tá caindo! Erosão da natureza! Verme cuspido! E você babaca José, quem disse, onde consta que foi na casa dela? Leia as coisas direito antes de dizer asneiras! Essa é a enxurrada que vai acabar com esse barranco! Tipo aqueles barrancos, em curva de rio, onde dejetos putrefatos se acumulam!

  • Lucas | Segunda-Feira, 19 de Agosto de 2019, 08h31
    4
    0

    ISSO É PERCA DE TEMPO E DE DINHEIRO PÚBLICO, NO BRASIL JÁ DEVERIA TER UMA MEDIDA CAUTELAR IMEDIATA PARA QUE O INDIVÍDUO RESTITUÍSSE TUDO QUE ROUBOU E SEUS BENS FOSSE VENDIDO DE IMEDIATO, SE NADA FOSSE ENCONTRADO PARTIRIA PARA OS BENS DA FAMÍLIA, DOS AGREGADOS E ATÉ DO CACHORRO, SE POSSÍVEL, daqui a pouco prescreve e nada lhe acontece.

  • José | Segunda-Feira, 19 de Agosto de 2019, 08h27
    12
    31

    Uma deputada federal com prerrogativa de foro no STF sofreu busca e apreensão decretada por um juíz de piso? Tem ou não tem necessidade da lei de abuso de autoridade?

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS