15 de Agosto de 2020,

Política

A | A

Quarta-Feira, 07 de Fevereiro de 2018, 12h:40 | Atualizado:

MAIS BOMBAS

Procurador entrega "colegas" e poderosos para fechar delação no STF

Documento mostra que procuradora enviou em julho do ano passado o acordo a PGR

chicolima-fux.jpg

 

O procurador aposentado do Estado, Francisco Gomes de Andrade Lima Filho, fechou acordo de colaboração premiada com a Procuradoria Geral da República. Aliás, o termo já teria sido, inclusive, homologado pelo ministro do Supremo Tribunal Federal, Luiz Fux.

Em depoimentos sigilosos, o procurador teria entregue outros colegas de PGE, membros do Tribunal de Justiça, Ministério Público e ainda políticos com foro privilegiado no STF. Ele é apontado como um "operador de pareceres jurídicos" para aparentar legalidade aos atos de corrupção durante a gestão do ex-governador Silval Barbosa (PMDB), que hoje cumpre prisão domiciliar também após delação premiada.

De acordo com o site Gazeta Digital, no dia 27 de julho do ano passado, a procuradora federal Vanessa Zago encaminhou ao então procurador geral da República, Rodrigo Janto, um ofício com o acordo de Lima. No mesmo mês, o procurador trocou de advogados, sendo que João Cunha foi substoituído por Marcelo Neves e Rafael Faria.

Chico Lima foi preso em duas oportunidades em 2016 nas operações Seven e Sodoma. Ele chegou a ficar quase um ano no Centro de Custódia de Cuiabá.

Além disto, Chico Lima já tem uma condenação a 15 de prisão na primeira fase da Operação Sodoma por participar de um esquema de venda de incentivos fiscais. Ele teria participado da lavagem do "dinheiro sujo" descontando os cheques do empresário João Rosa numa factoring e também organização criminosa.

Nas delações premiadas de Silval Barbosa e o ex-secretário Pedro Nadaf, Chico Lima é constantemente citado. Por exemplo, na desapropriação do Jardim Liberdade, em Cuiabá, ele é considerado o "mentor intelectual" do esquema que gerou um desvio de R$ 16 milhões.

 

delacaochicolima.jpg

 



Postar um novo comentário

Comentários (14)

  • Antônio Carlos Teodoro | Quinta-Feira, 08 de Fevereiro de 2018, 01h10
    0
    0

    Isso mostra o que é o Brasil um País de canalhas e corruptos aproveitadores. Escória Portuguesa.

  • Daniel | Quarta-Feira, 07 de Fevereiro de 2018, 19h21
    9
    0

    Reconheceu o recebimento de propina de um empresário que atua no transporte coletivo no Estado para melar a licitação do setor conforme confessou Silval Barbosa? Se negou isso, larga mão pois a delação não deve ser levada a sério.

  • Chica | Quarta-Feira, 07 de Fevereiro de 2018, 18h02
    16
    0

    Devolvam o dinheiro, centavo por centavo. Esta é a melhor pena!!!!

  • vando | Quarta-Feira, 07 de Fevereiro de 2018, 16h13
    20
    11

    Esse vagabundo ta querendo e se safar, delação só conversa fiada, se os demais ja entregou todo mundo agora é tarde cadeia nesse vagabundo

  • PGE | Quarta-Feira, 07 de Fevereiro de 2018, 15h17
    28
    0

    Agora sua casa vai cair João Virgilio!!!!!

  • Rosrigo | Quarta-Feira, 07 de Fevereiro de 2018, 14h40
    27
    1

    Então agora é só ROUBAR e entregar outras pessoas que já facilita a liberdade?? Ficou fácil, silval deveria ter contado TUDO, Pedro nadaf, livrou toda quadrilha, quer ver como vai sobrar somente para os empresários, abram o olhos POPULAÇÃO

  • roberto | Quarta-Feira, 07 de Fevereiro de 2018, 14h39
    20
    5

    Esse ai já estava no sal...o que o MPF acordou com ele? A manutenção da aposentadoria? O que ele tinha para oferecer? Vai ser um tapa na cara do povo se isso ocorrer....o cara debochou de todos ao colocar uma sacola de pão no rosto no Fórum.....

  • LUNETA | Quarta-Feira, 07 de Fevereiro de 2018, 14h19
    35
    3

    É ISSO AÍ, CHICO LIMA. O QUE É UM PEIDO QUANDO JÁ ESTÁ TODO CAGADO. ENTREGA LOGO TODO BANDO E CAI ABRAÇADOS COMO BONS AMIGOS QUE FORAM NA FESTANÇA COM DINHEIRO PÚBLICO.

  • No final todo mundo na rua | Quarta-Feira, 07 de Fevereiro de 2018, 14h10
    39
    4

    De delação em delação vai todo mundo sendo liberado para curtir o dinheiro roubado. Se ele citar o Lula em alguma delação é capaz de sair livre, devolverem o dinheiro confiscado e ainda indenizar o sujeito pelos transtornos.

  • Manoel | Quarta-Feira, 07 de Fevereiro de 2018, 13h28
    32
    2

    Os canalhas também, envelhecem...

  • Raimundo | Quarta-Feira, 07 de Fevereiro de 2018, 13h09
    34
    0

    Esperamos que se torne público os nomes das ditas "otoridades".

  • Ricardo | Quarta-Feira, 07 de Fevereiro de 2018, 13h07
    22
    0

    Assim como o Chico Lima, o Silval e Pedro Nadaf, aparecem constantemente em diversos crimes praticados contra a economia pública, isso vem de longe, quantos anos essas pessoas estão entranhada na política? Ocupando cargos publicos?

  • deovaldo | Quarta-Feira, 07 de Fevereiro de 2018, 12h56
    36
    1

    Gostaria de ver nomes do Judiciários que se acham paladinos da moral e bons costumes,,,,Se colocam como DEUSES e na verdade alguns são calhordas como os que desviaram e fu der am com o MT .....SAFADOS tem que ir para a cadeia EX: ( Vendas de sentenças, acordos milhardários para ficarem quietos , enfim são tantas coisas.....VERGONHOSO

  • dito | Quarta-Feira, 07 de Fevereiro de 2018, 12h50
    30
    1

    Puta que pariu sera que não ha exceção de bons politicos ou pica grossa da PGE! Ta tudo contaminado. Socorrrrrroo. Pessoas boas desse estado filia-se e vamos mudar esse senário fracassado.

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS