14 de Agosto de 2020,

Política

A | A

Quarta-Feira, 07 de Fevereiro de 2018, 09h:03 | Atualizado:

COMBATE A CRISE

Sefaz avisa que fundo será temporário em MT

RogérioGallo.jpg

 

O secretário de Fazenda Rogério Gallo disse que a proposta do fundo contra a crise seja um fundo temporário, com duração de um a dois anos. A ideia é que o fundo injete recursos no Tesouro Estadual que, segundo o secretário, tem um déficit de cerca de R$ 3 bilhões. Ele disse que a proposta já havia sido prevista na emenda constitucional do Teto de Gastos aprovada no ano passado, que cita a criação de um fundo de dividendos do crescimento. 

“Traríamos para esse fundo de recursos carimbados por lei para fazermos investimentos, pagamentos, recompor déficits com os Poderes, municípios, servidores e fornecedores. É necessário esse fundo para o governo rumar para o equilíbrio fiscal, que é gastar exatamente o que se arrecada”, afirmou. 

Rogério Gallo disse que ainda não foram definidos valores de contribuição ou de arrecadação do fundo. “Todos os setores precisam abrir mão de alguma coisa para a estabilização do Estado. Vamos abrir diálogo com o setor produtivo, com os Poderes, certamente com os servidores públicos”, citou. “O Poder Executivo vem fazendo sua parte e cortando na própria carne”, afirmou. 

Segundo o secretário, nos últimos 10 anos houve aumento das despesas vinculadas à receita e redução dos recursos desvinculados, ou seja, vindos da arrecadação própria do Estado e que alimentam a fonte 100, a fonte do Tesouro Estadual. Por isso a necessidade de recompor essa fonte. “É a fonte 100 que sustenta as políticas públicas”, disse. “Hoje não sobram recursos desvinculados para custeio. E quem pena com isso é o cidadão”, disse. 

 



Postar um novo comentário

Comentários (12)

  • Catarina | Quarta-Feira, 07 de Fevereiro de 2018, 12h45
    0
    0

    Outro fundo isso não funciona é só outro artifício pra desvio de dinheiro. O que deveria ser feito é cortar a mordomia primeiramente do governador ai dos Secretários Tbem quem sabe da certo

  • Catarina | Quarta-Feira, 07 de Fevereiro de 2018, 12h29
    0
    0

    Outro fundo isso não funciona é só outro artifício pra desvio de dinheiro. O que deveria ser feito é cortar a mordomia primeiramente do governador ai dos Secretários Tbem quem sabe da certo

  • suzi | Quarta-Feira, 07 de Fevereiro de 2018, 11h59
    0
    0

    Corta cargos comissionados, terceirizados que estão trombando um no outro sem ter o que fazer. isso é uma vergonha. O Estado de MT precisa é de Gestão e menos politicagem. Existe muitos apadrinhados dentro das Secretarias. Tem um tal de CEPROMAT que até mudou de nome que serve somente para cabide de emprego, altos salários e não serve para nada, contrata a Ábaco empresa de Tecnologia com valores altos de contrato e um sistema que funciona precariamente. gostaria de saber pra que serve o CEPROMAT?

  • João José de Rosário | Quarta-Feira, 07 de Fevereiro de 2018, 11h55
    0
    0

    Esse tal de GALLO pra ser IMCOPETENTE tem que estudar muiiiito.... pede pra sair meu filho ! você e esse governador "cor de rosa" são muito despreparados pra serem gestores....

  • Servidor SEFAZ de carreira | Quarta-Feira, 07 de Fevereiro de 2018, 11h53
    2
    0

    CHAMEM O ÉDER MORAES ELE RESOLVE TUDO ISSO EM DOIS MESES !!! CHAMEM O ÉDER MORAES!!!!!!!!!!!!!! INTELIGENTE É PREPARADO !!!!! Chamem o ÉDER MORAES!!! CHAMEM O ÉDER MORARES ..,

  • Astuto | Quarta-Feira, 07 de Fevereiro de 2018, 11h47
    2
    0

    qdo este governo e sua fala verdade? a lei do teto dos gastos resolveria o bom de fluxo de cx, mentiras. dois meses este incompetente fala em criar fundos daqui uns dias é outra estória.

  • Stifler | Quarta-Feira, 07 de Fevereiro de 2018, 11h35
    5
    1

    Faz o seguinte pega todo o repasse orçamentario dado A Procuradoria Do Estado e do a tribunal de Contas e passa 100% pro Governador "brincar de banco imobiliário " é criar esse Fundo Ridículo! O des-governador disse q a Pec do Teto resolveria o problema do Estado de MT em 2018...mentiu novamente!

  • AUTÊNTICO | Quarta-Feira, 07 de Fevereiro de 2018, 10h37
    7
    1

    Bom, no entanto... sou a favor de SUSPENDER, CORTAR TODOS OS BENEFÍCIOS dos poderes: MP, TJ, TC AL e EXECUTIVO. ah, em todos os âmbitos e esferas: MUNICIPAL, ESTADUAL e FEDERAL. De maneira decrescente, dos ALTO ESCALÃO até os BAIXOS ESCALÃO. O EXEMPLO DEVE SER DE CIMA PARA BAIXO E, NÃO DEBAIXO PARA CIMA.

  • Contribuinte | Quarta-Feira, 07 de Fevereiro de 2018, 09h49
    11
    1

    Se o "rombo" é de 3 bilhões em três anos, significa que ele cresce 1 bilhão por ano. Se esse governo se reeleger, no final, teremos 8 bilhões!

  • Marina | Quarta-Feira, 07 de Fevereiro de 2018, 09h48
    10
    1

    Secretário, encerre esse mandato junto ao Pedro Taques e deixe para competentes resolverem! Chega de desculpas.

  • João Carismático | Quarta-Feira, 07 de Fevereiro de 2018, 09h44
    7
    1

    Foi só sinalizar em ser candidato ao governo, já está recebendo o contra vapor do corujinha, vamos ver até onde vai o revanchismo, retaliação e ditadura desse desgoverno!

  • alexandre | Quarta-Feira, 07 de Fevereiro de 2018, 09h22
    9
    1

    Temporário de 2 anos ?

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS