13 de Agosto de 2020,

Artigos

Política

A | A

Terça-Feira, 11 de Março de 2014, 00h:01 | Atualizado:

SEGMENTA DADOS

Taques é favorito, mas Lúdio e Daltro já são ameaças reais


Da Redação

taques.jpg

 

Pesquisa realizada pelo instituto Segmenta Dados em parceria com o FOLHAMAX indica que a disputa pelo Governo de Mato Grosso será uma das mais acirradas da história em qualquer cenário político. Apesar de liderar em todos os cenários estimulados, o senador Pedro Taques (PDT) já tem hoje dois adversários com reais chances de embolar a disputa: o ex-vereador por Cuiabá, Lúdio Cabral (PT), e o atual vice-governador e secretário de Cidades, Chico Daltro (PSD).

Na amostra estimulada realizada entre os dias 28 de fevereiro e 10 de março com mil pessoas de todas regiões do Estado, Pedro Taques lidera com 45% dos votos contra 22% de Lúdio Cabral. Já o jornalista José Marcondes "Muvuca" (PHS) ocupa a terceira colocação 2%, seguido pelo ex-prefeito de Água Boa, Maurício Tonhá (PR), com 1,5%. Neste cenário, os indecisos totalizaram 27% sendo que os votos em branco e nulo representaram 2,5%.

Já num confronto com o vice-governador Chico Datro, o senador pedetista aparece com 50% contra 16% do social democrata. Nesta simulação, "Muvuca" tem 2,5% e o suplente de senador Cidinho dos Santos (PR) 1%. Os indecisos são 28,5% e os votos em branco e nulo correspondem a 2%.

Numa terceira simulação, Pedro Taques chega a 55% contra apenas 7% do juiz federal Julier Sebastião da Silva (sem partido). "Muvuca" ficou com 2,5% e Murição 1,5%. Os indecisos somaram 32% e os votos em branco e nulo 2%.

Mesmo declarando que não será candidato a governador, o senador Blairo Maggi (PR) ainda lidera a pesquisa espontânea com 16%. Em seguida, aparece Pedro Taques com 9%, Lúdio Cabral 4,5% e Chico Daltro com 1,5%. Julier tem apenas 1%.

REJEIÇÃO

O Segmenta também analisou a rejeição dos pré-candidatos ao palácio Paiaguás. Mesmo sendo impedido legalmente de disputar um novo mandato, o governador Silval Barbosa (PMDB) é o mais rejeitado por 11,5% do eleitorado.

Em seguida, aparecem "Muvuca" e Cidinho dos Santos com 7,5% cada um deles. Já Pedro Taques conta com recusa eleitoral por parte de 6,5%, Chico Daltro 4% e Lúdio Cabral 3,5%. Nesta pergunta feita pelos entrevistadores, 47,% não se posicionaram.

Realizada pela metodologia survey com mil pessoas - 88% da zona urbana e 12% da zona rural -, a pesquisa tem margem de erro de 4% para mais ou menos com intervalo de confiança de 95%. A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral sob o número 00007/2014 e foi efetuada através de dados colhidos em campo e por telefone.

VEJA MAIS

Welinton lidera e tendência é reeleição da maioria da bancada

 Rabello lidera pesquisa para a AL; tendência é de baixa renovação

Jaime, Wellinton e Silval estão empatados na disputa ao Senado

 

Galeria de Fotos



Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • EDIL | Terça-Feira, 11 de Março de 2014, 20h04
    1
    0

    2014 minha familia vai de LLLLLLL.

  • Joilson Lima | Terça-Feira, 11 de Março de 2014, 18h55
    1
    0

    O Taques não tem o jogo ganho não. E achei muito interessante essa pesquisa por regiões de MT, fica muito elucidativo.

  • Marcio Olavo | Terça-Feira, 11 de Março de 2014, 08h00
    4
    1

    Muvuca é o 3º em todas as simulações e é o que mais cresce. Lembvro-me muito bem que Blairo Maggi começou com 2% e o Muvuca começou com 0,3% e agora já tem 2,5%. Isso sem ter acesso a grande imprensa que só dá valor aos grandes partidos e sem ser citado pelos ditos analistas políticos que vivem de vender opinião para os poderosos. Vai com Tudo Muvuca, vc está crescendo e vai pro segundo turno. #Euacredito

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS