25 de Fevereiro de 2020,

Política

A | A

Segunda-Feira, 28 de Julho de 2014, 17h:24 | Atualizado:

APÓS SUSPEITAS

TCE muda decisão e libera R$ 5,8 mi a empreiteira da Arena Pantanal

Empreiteira foi responsável pela execução das obras da Arena Pantanal


Da Redação

mauriciosilval.jpg

 

O Tribunal de Contas do Estado (TCE) autorizou a Secopa (Secretaria Extraordinária da Copa do Mundo) a efetuar o pagamento de R$ 5.803.854,32 milhões para a construtora Mendes Junior, responsável pelas obras da Arena Pantanal, estádio de futebol que sediou quatro partidas da Copa do Mundo de 2014. Anteriormente, a Corte de Contas havia mandado suspender os pagamentos por conta da suspeita de superfaturamento.

No entanto, agora a medida cautelar foi revogada diante da comprovação nas medições técnicas de que não houve acréscimo indevido na aquisição de materiais. O motivo de toda a polêmica envolve o terceiro termo aditivo da Arena Pantanal que acrescentou ao projeto estacas tipo hélice contínua no valor de R$ 14,3 milhões em substituição a estacas tipo raiz orçadas em R$ 2,2 milhões. Assim, o valor acrescentado atingiu R$ 12,060 milhões.

O aditivo contratual foi assinado ainda pela extinta Agecopa (Agência Estadual de Execução de Projetos para a Copa do Mundo), substituída pela Secopa após gerar crise política na gestão do governador Silval Barbosa (PMDB) com projetos estratégicos emperrados por conta divergências internas dos seus dirigentes. Na época, o contrato foi assinado por Yênes Magalhães, Carlos Brito e Jefferson de Castro.

Um dos motivos que reforçou na época o indício de irregularidade, é que o Ministério Público de Contas solicitou informações a Secopa que não foram prestadas. No entanto, com as devidas informações prestadas e embasadas em laudo técnico de medições.

VEJA MAIS

TCE manda suspender pagamento de mais R$ 5,8 mi a Mendes Júnior

TCE manda Estado suspender pagamento a construtora da Arena 

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • CPA | Segunda-Feira, 28 de Julho de 2014, 19h18
    0
    0

    huuummmm, ai tem hein

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS