23 de Maio de 2019,

Política

A | A

Quinta-Feira, 16 de Maio de 2019, 09h:21 | Atualizado:

BIOMETRIA

TRE cancela 7,5 mil títulos em 3 cidades de MT

TITULOELEITORAL.jpg

 

O Pleno do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso homologou a revisão do eleitorado com coleta de dados biométricos de Guiratinga, Arenápolis e Diamantino. Nesses municípios o procedimento ocorreu de 03 de dezembro de 2018 a 29 de março deste ano. Ao todo, 7525 títulos serão cancelados.

Em Guiratinga a revisão foi comandada pela 02ª Zona Eleitoral. Dos 8.375 eleitores convocados para o procedimento, 1.571 não atenderam à convocação. Já em Arenápolis os trabalhos foram executados pela 17ª Zona Eleitoral e, dos 6.818 eleitores cadastrados no município, 1.967 não fizeram o cadastramento biométrico. 

Por fim, a revisão em Diamantino foi conduzida pela 07ª Zona Eleitoral e 16.117 eleitores foram convocados para o procedimento e destes, 3.987 terão o título cancelado por não atender a convocação. 

“Em todos esses municípios não se verificou nenhuma irregularidade na realização da revisão. A validade e eficácia dos trabalhos foram chancelados pelo Ministério Público Eleitoral, que enfatizou a efetiva publicidade e divulgação do recadastramento ao eleitorado interessado, razão pela qual, em harmonia com o Parquet, e com fundamento no art. 24, II, da Resolução TRE/MT nº 2.128/2018, Voto pela homologação da revisão do eleitorado dos municípios de Guiratinga, Arenápolis e Diamantino”, ressaltou o corregedor regional eleitoral, desembargador Sebastião Barbosa Farias.

Após o trânsito em julgado do acórdão, os autos serão encaminhados à Corregedoria Regional, que fará, no prazo de 5 dias, o registro da data de homologação da revisão do eleitorado no Sistema ELO. Em seguida, o Juízo Eleitoral de origem providenciará no prazo de 3 dias, o processamento no Sistema ELO de todas as inscrições eleitorais canceladas.

 

 

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS