19 de Fevereiro de 2020,

Política

A | A

Segunda-Feira, 04 de Agosto de 2014, 16h:36 | Atualizado:

TRE investe em conexão com a Internet para dar mais velocidade de acesso aos sistemas eleitorais

O Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso investe em ações de melhorias de conexão com a Internet para dar mais velocidade de acesso aos sistemas eleitorais utilizados pela Justiça Eleitoral no atendimento ao cidadão. Trata-se do projeto “Broadband” – banda larga, que prevê a reestruturação da conectividade entre os cartórios eleitorais e a Sede do Tribunal, melhoria no acesso à Internet, ampliação na segurança da informação e redução de custos de comunicação.

“A melhora geral na velocidade de conexão, não representará incremento de gastos, pelo contrário, trará uma economia anual em conectividade estimada em R$ 1.500.000,00 (um milhão e quinhentos mil reais) anuais”, destacou o presidente do Tribunal, Desembargador Juvenal Pereira da Silva.

Desde que o projeto foi implantado algumas melhorias já foram realizadas, entre elas, ampliação em 340% da banda de comunicação entre o TRE e a rede Internet.  Já em fase de conclusão, está a ampliação dos links de comunicação, que incrementará o tempo de resposta dos sistemas eleitorais em até 800%. Para ambas situações, as melhorias foram realizadas sem custos adicionais para o Tribunal.

Também faz parte do projeto, que a Sede do Tribunal e os cartórios eleitorais acessem à internet por meio de link próprio do TRE. Atualmente, o acesso se dá através do link entre o TRE e o Tribunal Superior Eleitoral, o que facilita a ocorrência de congestionamentos.

Vale destacar que o projeto “Broadband” está vinculado a diversos outros projetos, entre eles os projetos VPN, File Servers dos CEs (Cartórios Eleitorais) e Backup e recovery dos CEs (Cartórios Eleitorais), além do projeto Xavier, que trata da Segurança da Informação no âmbito da rede de dados da Justiça Eleitoral de Mato Grosso.

“Como consequência dessa atuação pode-se perceber sensível melhora na velocidade de acesso aos sistemas corporativos, tais como Comprasnet e SIAFI, e nas conexões, que atualmente interligam 29 Postos Eleitorais à rede do TRE-MT”, frisou o secretário de tecnologia da informação, Ailton Lopes dos Santos Júnior.

 

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS