10 de Dezembro de 2019,

Política

A | A

Segunda-Feira, 02 de Dezembro de 2019, 23h:40 | Atualizado:

REUNIÃO NO BELVEDERE

Vereador entrega imagens e nega que "testemunha de Abílio" tenha entrado em sua casa em Cuiabá

Juca cita que vereador do PSC tenta criar "cortina de fumaça"

juca-protocolo.jpg

 

O vereador Juca do Guaraná Filho (Avante) protocolou na manhã desta segunda-feira (02), na Câmara Municipal de Cuiabá, uma declaração que será encaminhada à Comissão de Ética do parlamento, onde a servidora Claudia de Almeida Costa, afirma que não esteve no condomínio onde o vereador reside na região do Coxipó. O parlamentar também protocolou o registro de imagens entre as datas de 21 e 22 do mês onde não consta à entrada da servidora pública Elizabete Maria de Almeida, que denunciou que numa festa da casa do parlamentar o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) estaria oferecendo dinheiro para que se fosse cassado o mandato do vereador Abílio Brunini (PSC). 

Elizabete alega que teria registrado imagens. A denúncia dela gerou uma crise institucional em que o prefeito Emanuel Pinheiro apontou hoje um suposto uso político da Polícia Civil para prejudicá-lo politicamente.     

Na declaração, a servidora Cláudia também ressalta que não ofereceu, nem custeou modalidade de transporte à Elizabete Maria. Cláudia também afirma que se recolheu em sua residência, no dia 21, por volta das 20h15, tendo deixado sua casa somente no dia 22, por volta das 19h09.

Elizabete, servidora do Hospital São Benedito, denunciou ter recebido ordens de Cláudia, para estar no condomínio do vereador Juca, onde segundo a denunciante estava sendo armadas ações contra o vereador Abílio Junior (PSC), que passa por um processo de cassação de mandato na Comissão de Ética e Decoro Parlamentar. “Estou muito tranquilo, moro em um condomínio, com grande aparato de segurança, minha casa sempre está de portas abertas para familiares e amigos, tudo com extrema segurança. Uma coisa eu tenho absoluta certeza nunca vi esta pessoa, que levantou tal acusação. Esta declaração só reafirma o que está nas imagens’, disse o parlamentar.

Juca acredita que a acusação é uma ação desesperada do Vereador Abílio em produzir uma cortina de fumaça para cessar os efeitos da Comissão Processante. O parlamentar fez o pedido para ser ouvido no Grupo de Atuação Especial Contra Crime Organizado (Gaeco) e na Delegacia Especializada em Crimes Fazendários e Contra a Administração Pública (DEFAZ).

 

 

juca-protocolo2.jpg

 

Postar um novo comentário

Comentários (11)

  • Amanda Duarte | Terça-Feira, 03 de Dezembro de 2019, 15h51
    1
    0

    O Eleitor tem que responder nas Urnas e não reeleger NENHUM vereador da atual Legislatura. Renovação Total. Chega de Político de Profissão. Quer dinheiro vá trabalhar? O povo não aguenta mais custear o luxo de poucos privilegiados. Chega!

  • pantanal | Terça-Feira, 03 de Dezembro de 2019, 13h40
    4
    0

    O POVO TEM Q SE LASCAR // ELEGER UNS TRANQUEIRAS DESSES E PEDIR PRA SER ROUBADO// DALI SO ABILIO E MAIS UNS DOIS MERECEM O RESTA ESTAO TDOS NO BOLSO DO PALETO

  • J.José | Terça-Feira, 03 de Dezembro de 2019, 12h06
    0
    13

    Boa pergunta Juarez: além de confusão, o quê Abílio fez por Cuiabá . Até agora 5 votaram contra meu comentário, Ñ devem conhecer as Leis só pode!

  • juarezco | Terça-Feira, 03 de Dezembro de 2019, 10h42
    6
    14

    Enquanto Abílio Jr fica inventando estórias e armando confusão, os outros vereadores estão lançando obras em seus respectivos bairros. O que Abílio e companhia fizeram até agora pelo POVO cuiabano?

  • jeferson de Andrade | Terça-Feira, 03 de Dezembro de 2019, 10h01
    13
    1

    É UMA QUADRILHA ESSA CÂMARA MUNICIPAL DE CUIABÁ,SÓ TEM BANDIDOS.RENOVAÇÃO JÁ

  • Justo | Terça-Feira, 03 de Dezembro de 2019, 09h05
    9
    2

    Gente Organização criminosa tem que ser investigado pela policia federal, e a população precisa saber disso com urgencia, essa base que compoe apoio ao prefeito tem que ser investigados.

  • Justo | Terça-Feira, 03 de Dezembro de 2019, 08h55
    9
    2

    Gente organização criminosa tem que ser investigado pela policia federal, precisamos saber disso com urgencia. Não confio na banda podre que compoe a base do prefeito. Muitas coisas erradas que passa como se fosse certo. È hora de reagirmos, não podemos nos calar.

  • Crítico | Terça-Feira, 03 de Dezembro de 2019, 08h32
    16
    0

    Cuidado, esse JUCA e pessoa não confiável.

  • WESLEI | Terça-Feira, 03 de Dezembro de 2019, 08h26
    10
    4

    A propina mudou de mãos...saiu do bolso dos vereadores e comprou a sra. cláudia.....quer ver? Escuta!!

  • Daniel | Terça-Feira, 03 de Dezembro de 2019, 08h25
    7
    14

    Mais um motivo para cassar o vereador Abílio, só arruma rolo e confusão. Esse não merece estar vereador porque não fez e nem vai fazer nada por Cuiabá. Chega de bafafá nessa Câmara Municipal. Vcs tem q dar um basta nisso, tá muito feio.

  • J.José | Terça-Feira, 03 de Dezembro de 2019, 08h01
    4
    10

    Abilinho lascou essa servidora podem esperar! Se ñ entrou seria uma simulação de conversa entre o edil e a denunciante?

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS