06 de Agosto de 2020,

Cidades

A | A

Segunda-Feira, 05 de Fevereiro de 2018, 19h:40 | Atualizado:

TENSÃO

Barragem de PCH se rompe e causa estragos em MT


G1-MT

barragem.jpg

 

O rompimento da barragem de uma Pequena Central Hidrelétrica (PCH) em São José do Rio Claro, a 325 km de Cuiabá, se rompeu durante o fim de semana e causou estragos em propriedades rurais do município. A suspeita é que o volume de chuvas na região tenha causado o dano.

Por meio de assessoria, a Defesa Civil confirmou o rompimento e afirmou que uma equipe do órgão deve se deslocar até o local para avaliar os danos.

O rompimento foi registrado numa propriedade que fica a 60 km do município.

A Fazenda Agromar, de propriedade do Grupo Bom Futuro e que fica na região, foi uma das atingidas pelo rompimento. Em nota, o grupo afirmou que foi notificado da situação no domingo (4).

O rompimento, segundo o grupo, ocorreu em uma fazenda vizinha. O problema causou a queda de parte do aterro e da ponte que davam acesso à fazenda Agromar, a deixando isolada.

Além da ponte, um reservatório da fazenda foi atingido e teve parte da barragem rompida, causando inundação na casa de máquinas. Outro lago, numa propriedade vizinha também teria sido afetado.

Ainda em nota, o Grupo Bom Futuro afirmou que comunicou a Secretaria Estadual de Meio Ambiente (Sema-MT) sobre os problemas por meio de telefone e por carta. Uma equipe do grupo se deslocou até o local e deve produzir um laudo apontando as causas e as medidas ambientais a ser tomadas.



Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Heraldo | Terça-Feira, 06 de Fevereiro de 2018, 08h43
    4
    1

    [6/2 09:39] ‪+55 31 9539-5234‬: NOTA DE ESCLARECIMENTO Informo que na tarde do dia 04/02/2018, domingo, fomos comunicados do provável rompimento de uma barragem destinada a captação de água em uma propriedade vizinha a Faz. Agromar, devido ao forte volume de chuvas na região. Este suposto rompimento provocou a derrubada do acesso à fazenda, levando parte do aterro e a ponte ali localizados, deixando a mesma isolada. Um pouco abaixo da ponte de acesso da fazenda, o pequeno reservatório de 2,4 hectares da CGH Agromar não suportou o elevado volume de água afluente, e rompeu parte de sua barragem na margem direita, causando inundação na sua casa de máquinas. Segundo rumores de populares, um outro lago bem maior, 50 há, que fica rio abaixo, em propriedade vizinha a fazenda também haveria se rompido. A Bom Futuro informa que já comunicou a SEMA sobre o sinistro ocorrido através de telefone e carta, e que já deslocou uma equipe até o local para produção de um Laudo Técnico, com a apuração das possíveis causas e as medidas ambientais cabíveis ao seu empreendimento, para posterior protocolo no órgão responsável. Eng. Lívio C. Recedive Gerente Executivo [6/2 09:39] ‪+55 31 9539-5234‬: Reforçando que a barragem que rompeu não é de PCH, não existe PCH neste córrego.

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS