22 de Agosto de 2019,

Cidades

A | A

Sexta-Feira, 24 de Maio de 2019, 09h:10 | Atualizado:

Cinco unidades abrem amanhã para vacinação em VG

Para aumentar a cobertura vacinal, algumas unidades de saúde localizadas em Várzea Grande estarão de portas abertas, amanhã (25), para que seja realizada a imunização das pessoas que fazem parte do grupo prioritário da campanha nacional contra o vírus Influenza A (H1N1). Os postos do Programa de Saúde da Família (PSF) do Água Limpa, Policlínica do Parque do Lago, Policlínica do Cristo Rei e as Clínicas de Atenção Primária do Jardim Glória e do bairro 24 de Dezembro, estarão funcionando das 08 horas às 17h. 

A iniciativa é da Secretaria Municipal de Saúde de Várzea Grande, por meio da Vigilância Epidemiológica. A ação visa alcançar a meta até o término da vacinação prevista para ser encerrada no dia 31 desse mês. O que preocupa a Saúde do município é a baixa porcentagem alcançada por alguns grupos integrantes do público alvo. Do público alvo geral, 41.106 doses já foram aplicadas, o que significa 66.17% do total de 62.123 pessoas a serem vacinadas. Os dados são do último dia 20 deste mês. 

A campanha teve início desde o dia 10 de abril passado com a realização do dia “D” de mobilização, no dia 04 deste mês, em todo o município. De acordo com os dados divulgados, o número que mais preocupa é o de crianças de 6 meses a menores de 6 anos (5 anos, 11 meses e 29 dias), que teve apenas 12.840 doses aplicadas, de um total de 23.308, o que corresponde à 55.09% da meta estipulada. Outro grupo que apresentou baixa procura, até então, foi o do profissional da educação. Diante disso, desde o último dia 14, a Secretaria Municipal de Saúde, vem realizando in loco, os trabalhos de imunização desses profissionais nas unidades de ensino, nos períodos matutinos e vespertinos. 

Os integrantes do grupo prioritário como gestantes, puérperas com até 45 dias após o parto, idosos com 60 anos e pacientes com comorbidades também não alcançaram meta, esse grupo somou 24.903 doses aplicadas. Os profissionais das forças armadas, pessoas privadas de liberdade (reeducandos e adolescentes internados em medidas socioeducativas) e funcionários do sistema penitenciário não possuem meta estipulada, esse grupo somou o total de 1.012 doses aplicadas. Lembrando que a meta preconizada pelo Ministério da Saúde é de 95%, quando a grupo possui dados de população alvo especificamente. A campanha segue até o dia 31 de maio e pode ser prorrogada caso haja necessidade. 

A Gerente da Vigilância Epidemiológica de Várzea Grade, Relva Cristina de Moura, faz um chamamento às pessoas que fazem parte dos grupos prioritários e ainda não vacinaram para que busquem imediatamente uma das unidades mais próximas de suas residências para que sejam feitas as imunizações. “Estamos a quase dez dias do término da campanha e alguns números ainda preocupam. Por isso estamos buscando realizar essas medidas, a fim de alcançar a meta estipulada e manter a nossa população alvo protegida do Vírus da Influenza”, disse. Relva explicou ainda a vacina é eficaz e não provoca reações graves.

 

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS