11 de Julho de 2020,

Cidades

A | A

Quinta-Feira, 04 de Junho de 2020, 00h:50 | Atualizado:

MEDIDAS DRÁSTICAS

Líder em mortes, VG lamenta "desleixo popular" e estuda implantar lockdown

Cidade registra 15 óbitos e 299 casos confirmados


Da Redação

aglomera��o vg

 

O secretário de Saúde de Várzea Grande, Diógenes Marcondes, admitiu que o município já estuda adotar “lockdown” com medidas mais rígidas de isolamento social na cidade metropolitana. O assunto começou a ser discutido pelo Executivo diante do relaxamento da população que tem dificuldades em respeitar o isolamento social.

A cidade é segunda com maior número de infectados por Covid-19 no Estado e lidera o número de mortos. “Nós vamos tomar medidas drástica como por exemplo o fechamento do comércio de todas as atividades econômicas e culto religiosos para evitar aglomerações até chegar no lockdown”, disparou em entrevista ao Bom dia MT na manhã de terça-feira (2).

Segundo ele, a pasta tem monitorado o comportamento dos várzea-grandenses, que tem desrespeitado medidas básicas de proteção como o uso da máscara. Além disso, em alguns bairros, populares foram flagrados fazendo aglomerações.

Na semana passada o secretário de Saúde, Gilberto Figueiredo, também fez duras críticas aos munícipes apontando a falta de preocupação de moradores com o novo coronavírus. O chefe da Saúde Estadual apontou que a população do município ficou relaxada após a inauguração do Hospital Metropolitano.

Segundo ele, os munícipes acreditam que ganharam um “hospital exclusivo” ficando confortáveis em descumprir as regras. Na ocasião, o chefe da pasta demonstrou preocupação. “Todos os dias o comitê avalia essa condição. Claro, se as contaminações seguirem num ritmo muita acelerado, vamos adotar medidas rígidas, mesmo que a gente tenha leitos de UTI disponível”, finalizou Marcondes. 

Postar um novo comentário

Comentários (13)

  • Tibúrcio Levi | Quinta-Feira, 04 de Junho de 2020, 21h48
    1
    1

    Fecha a porteira em Cuiabá e deixa o gado lá no curral de vg.

  • Roberto | Quinta-Feira, 04 de Junho de 2020, 20h48
    1
    2

    DESLEIXO POPULAR?? FAÇA ME O FAVOR!!! DESLEIXO PÚBLICO!!! QUEM VIVE AQUI SABE ...A PREFEITA NO INICIO DA PANDEMIA PARECIA QUE ESTAVA EM MARTE... AGORA A CULPA E DOS POPULARES..DIGA-SE ..DO POVO???!!!

  • Roberto | Quinta-Feira, 04 de Junho de 2020, 20h47
    0
    0

    DESLEIXO POPULAR?? FAÇA ME O FAVOR!!! DESLEIXO PÚBLICO!!! QUEM VIVE AQUI SABE ...A PREFEITA NO INICIO DA PANDEMIA PARECIA QUE ESTAVA EM MARTE... AGORA A CULPA E DOS POPULARES..DIGA-SE ..DO POVO???!!!

  • Roberto | Quinta-Feira, 04 de Junho de 2020, 20h40
    0
    2

    DESLEIXO POPULAR?? FAÇA ME O FAVOR!!! DESLEIXO PÚBLICO!!! QUEM VIVE AQUI SABE ...A PREFEITA NO INICIO DA PANDEMIA PARECIA QUE ESTAVA EM MARTE... AGORA A CULPA E DOS POPULARES..DIGA-SE ..DO POVO???!!!

  • Lucas | Quinta-Feira, 04 de Junho de 2020, 11h59
    3
    2

    Eu ouvi uma entrevista dele no rádio, não foi tão taxativo quanto a matéria transparece.

  • Contribuinte Indignado | Quinta-Feira, 04 de Junho de 2020, 09h33
    13
    0

    Tem que fazer mesmo esse povo aqui de vg acha que nao é grave enquanto Cuiaba faz o servico de casa e vg deixa a deseja tinha restaurante aberto no dia das maes bares e o povo na rua aqui em vg

  • clara | Quinta-Feira, 04 de Junho de 2020, 09h29
    8
    0

    Tem inúmeros funcionários do PF que estão contaminados, inclusive muitos trabalhando, além do mais o próprio secretário estava afastado em isolamento domiciliar a dias atrás, será porque eim ? Então meus caros a VG está um caos, se essas medidas não forem tomadas com urgência sera uma verdadeira carnificina na cidade , né LUCIMAR SACRE DE CAMPOS !

  • isis | Quinta-Feira, 04 de Junho de 2020, 09h26
    10
    2

    A referida noticia já era esperada certo ? Pois pensavam o que em uma cidade como várzea grande, aonde não havia nenhum tipo de fiscalização e tem na sua grande maioria uma população descrente, ignorante e irresponsável, então a gestora tem culpa no cartório sim !

  • Só observo | Quinta-Feira, 04 de Junho de 2020, 08h35
    16
    5

    Engraçado, abriram as porteiras e liberaram geral... agora culpam a população pela explosão no número de casos. As Otoridades (in)competentes tem que ter em mente que no geral as pessoas tem preguiça de pensar, então se você afrouxa a corda, as consequência virão.

  • Christmann Hilleshein Cardoso | Quinta-Feira, 04 de Junho de 2020, 08h04
    7
    17

    Esse secretario é um maluco em acreditar que lockdown vai resolver. Pensa o seguinte, existem fatores que precisam ser analisados para discutir "a liderança dos casos da peste chinesa", por exemplo o tamanho da população, o tamanho da população idosa, a quantidade de pessoas com comorbidades graves, entre outros. Não dá para sair vomitando por aí que a liderança é de VG e se prender a isso, é assassinato intelectual. Ações insensatas, como o lockdown, gerarão consequências nefastas, por um acaso o problema em Cuiabá foi resolvido com o lockdown?

  • Cuiabano Raiz | Quinta-Feira, 04 de Junho de 2020, 07h35
    15
    3

    Além do povo, a culpa da senhora também Prefeita Lucimar Campos, e aqui em Cuiabá não vai ser diferente, preparem para a semana que vem, o número de casos que iram aumentar!

  • Pensador | Quinta-Feira, 04 de Junho de 2020, 07h30
    13
    8

    Pelo que os sites noticiaram a Prefeita de VG nunca regulou o destanciamento social na cidade. Agora vem por culpa na poplação? Parece até um cara que dirige o País a partir do Palácio do Planalto. Ignora e pôe culpa em terceiros.

  • Tereza | Quinta-Feira, 04 de Junho de 2020, 06h57
    23
    5

    Sra prefeita, deveria ter pensado nisso no começo onde não seguiu as normas OMS e liberou tudo, agora está aí com uma sequência de óbitos, com uma população totalmente irresponsável

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS