31 de Maio de 2020,

Cidades

A | A

Domingo, 29 de Março de 2020, 13h:28 | Atualizado:

Médico orienta sobre o que funciona e mitos sobre vírus

A higiene é um ponto amplamente citado para se prevenir contra o coronavírus, Covid 19. Mas não basta lavar as mãos, alguma medidas devem ser adotadas para minimizar os riscos de contaminação pelo vírus que transita pelo ar. Isolamento social e higienização ao chegar em casa são atitudes importantes a serem tomadas. “O vírus não se movimenta. Quem se movimenta somos nós. Não dê carona ao coronavírus”, orienta o médico Marcelo Sandrin.

Com o objetivo de orientar a população sobre as maneiras corretas de se prevenir diante das notícias falsas, o  consultou o profissional para esclarecer algumas informações.

Higiene

O profissional explica que manter a higiene pessoal e da casa ainda é a melhor arma contra o vírus. É importante lavar as mãos até o antebraço com frequência. O sabão indicado é aquele mais rústico possível. Mas não só isso. Ao sair e voltar para casa é importante tirar os sapatos e higienizá-los. Deixar os calçados em solução com água sanitária por um minuto é o ideal.

Trocar de roupa e tomar banho com sabão é o indicado. Para as mulheres, é bom que lavem os cabelos com esse mesmo sabão de ph mais básico ( acima de 7), assim como aqueles sabões em barra. “Só ele tem a capacidade de romper a barreira da célula e torna-la inativa para reprodução”, afirma.

Limpar a casa com a solução de água, sabão e água sanitária.

Álcool gel

O álcool em gel ou 70%, se bem preparado, é extremamente eficaz. Não é recomendado ficar mexendo om álcool em casa, mas se não há outro jeito, ele pode ser usado, conforme explica o médico.

“O álcool em gel é melhor por ser melhor manipulável e menor inflamável. Também agride menos a pele”, avalia o médico. Caso a pessoa fique em casa e tenha acesso a água e sabão, lavar as mãos com frequência é o mais indicado.

Ao tossir

Quando a tosse vier, direcione o jato para a manga da roupa ou cotovelo, partes que têm pouco contato. Direcionamento ao chão também é indicado.

O vírus se propaga pelo ar

Essa é meio de locomoção do Covid-19 e , por isso , é importante manter a distancia entre as pessoas. Ficar longe, principalmente de quem está espirrando. Pessoas com tosse devem usar máscaras, assim como aquelas que lidam diretamente com o público.

Tempo de vida do vírus sobre objetos e colocados ao sol

O médico pontua que como o vírus é novo não há estudos que comprovem seu tempo de vida, nem comprovação de que a exposição direta ao sol o mate. No entanto, vírus sobrevivem menos em temperaturas mais altas e, por isso, o Brasil tenha alguma vantagem sobre os países mais frios. As poucas pesquisas já realizadas sugerem que o vírus tenha uma vida mais longa sobre o plástico.

Ingerir alimentos gelados não são indicados, o melhor e consumir os quentes

Sandrin reforça que não há estudo sobre o quadro, mas o calor pode dificultar a proliferação. “O que não pode são coisas que ouço no consultório como consumir mastruz. Não há nenhuma citação do mastruz no combate ao coronavírus. Estão usando medicação de combate a malária contra o coronavírus em pessoas que já estão com a doença e tendo um resultado positivo, mas não há certificação que ele ajude na prevenção”, explica.

Gargarejocom água salgada ou morna mata o vírus que se alojam nas amigadalas

Não tem produção que indiquem eficácia na prática para combate ao vírus, mas uma boa higiene bucal pode colaborar em alguma coisa. “O desenlace de uma infecção como essa ainda é imprevisível”, afirma. Para o médico, o gargarejo pode ajudar somente na limpeza da garganta. “Tem que tomar cuidado para não ficar tocando o rosto, cuidar da alimentação e diminuir os riscos de contaminação na medida do possível”.

O ideal é que sempre que chegar em casa e ao trabalho tomar banho, colocar roupas limpas e se deslocar com a maior brevidade possível. Ao tirar a roupas, deixa-las penduras em local sem contato.

 

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS