15 de Agosto de 2020,

Cidades

A | A

Quarta-Feira, 07 de Fevereiro de 2018, 11h:13 | Atualizado:

TRÂNSITO

Ônibus fora da faixa exclusiva serão multados em Cuiabá

onibusfaixa.jpg

 

Os ônibus que trafegarem fora da Faixa Exclusiva na Capital serão autuados e multados, conforme a determinação do prefeito Emanuel Pinheiro, mediante o decreto de nº 6.504, publicado no Diário Oficial de Contas, veiculado nesta terça-feira (06). A partir desta data, os motoristas do transporte coletivo que infringirem a lei serão penalizados em conformidade com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

“Ao longo de 2017 fizemos um extensivo período orientativo, a fim de que os condutores da cidade pudessem se adequar às normas da Faixa Exclusiva, para que tenhamos um trânsito com maior fluidez e segurança. Sem qualquer aplicação de multas no ano passado, alertamos os motoristas da Capital a contribuírem para uma mobilidade urbana melhor, através de blitze educativas e diversas ações de impacto. Tendo isso em vista, é fundamental que todos aqueles que trafegam pelas nossas ruas estejam atentos a esta normativa, que simplesmente reforça o artigo 185, I, já discriminado no nosso Código de Trânsito. A Prefeitura de Cuiabá quer que tenhamos uma harmonia plena em todas as vias e para que isso seja possível contamos com a colaboração dos nossos contribuintes, evitando a obstrução das faixas específicas, respeitando suas limitações para que todos tenham segurança ao se deslocarem para os seus destinos finais”, afirmou o chefe do Executivo.

Quando em movimento, o uso das demais faixas é terminantemente proibido para os coletivos, com exceção de situações emergenciais. Deixar o espaço destinado para os ônibus só é permitido quando for necessária a ultrapassagem, nos casos de embarque e desembarque de outro veículo. A infração em questão corresponde à categoria média, segundo o CTB, resultando em uma multa referente R$ 130,16, acarretando em quatro pontos na carteira de motorista. Para o secretário Municipal de Mobilidade Urbana, Antenor Figueiredo, a medida visa garantir a trafegabilidade de todos os condutores, permitindo que o respeito mútuo impere através do uso correto da faixas.

“Regulamentar o trânsito da nossa cidade é um dos aspectos mais importantes da gestão pública, pois sabemos que a fluidez é o que permitirá que nossos munícipes passem o menor tempo possível trafegando pelas ruas de Cuiabá. Queremos que todos cheguem aos locais desejados de maneira rápida e segura e isso só será possível se todos trabalharmos em uníssono por uma mobilidade melhor. A compressão a respeito das nossas limitações enquanto condutores vai garantir que ultrapassagens equivocadas e obstrução de faixas não ocorram. Isso fará com que carros, motos e veículos de grande porte convivam harmonicamente. Nosso objetivo não é aplicar punições de maneira deliberada, mas sim trabalhar constantemente para que a trafegabilidade seja uma realidade na cidade, independente do horário em que você possa estar circulando nas ruas”, concluiu.

Confira na íntegra do decreto:

DECRETO Nº 6.504 DE 05 DE FEVEREIRO DE 2018.

DISPÕE SOBRE A AUTUAÇÃO DE TRÂNSITO AOS ÔNIBUS QUE

SAÍREM DA FAIXA DE CIRCULAÇÃO DESTINADAS PELA SINALIZAÇÃO A ESSE

TRANSPORTE NO MUNICÍPIO DE CUIABÁ.

O Prefeito Municipal de Cuiabá, no uso das atribuições que lhe são conferidas pelo inciso VI do art. 41 da Lei Orgânica do Município, e

CONSIDERANDO o índice elevado de acidentes de trânsito entre

ônibus e veículos de menor porte;

CONSIDERANDO as mudanças repentinas de faixa pelos ônibus da

Capital a fim do cumprimento de seu itinerário no tempo estipulado;

CONSIDERANDO O Art. 185, I, do Código de Trânsito Brasileiro que proíbe que quando em movimento, exceto em situações emergenciais, o veículo não deve sair da faixa destinada a ele pela sinalização;

DECRETA:

Art. 1º Fica autorizado aos Agentes de Trânsito e Transporte do Município de Cuiabá autuarem os ônibus que deixarem as faixas destinadas pela sinalização para o transporte coletivo, salvo nas situações emergenciais e ultrapassagem nos casos de embarque e desembarque de outro veículo.

Art. 2º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação.

Palácio Alencastro, em Cuiabá (MT), 05 de fevereiro de 2018.

EMANUEL PINHEIRO

PREFEITO MUNICIPAL



Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • Degas | Quarta-Feira, 07 de Fevereiro de 2018, 18h33
    3
    0

    E orientar os motoristas para que façam o embarque e desembarque de passageiros no recuo onde houver.

  • Janete | Quarta-Feira, 07 de Fevereiro de 2018, 17h15
    5
    1

    Grande coisa! Não vai mudar nada, pois é exatamente a desculpa de ultrapassar que os motoristas usam, para passar para a outra faixa. Na segunda feira dia 05/02 eu estava no ponto ao lado do Colégio Liceu Cuiabano, as 10h esperando o ônibus da Linha 302. Já estava lá por aproximadamente 15 minutos. Então um ônibus de uma outra linha parou e eis que surge o Carro 5003, fazendo a linha 302. Mas o que o motorista faz???? “Ultrapassou” o que estava parado e deixou todo mundo no ponto, numa total falta de respeito e consideração com os usuários. Portanto, não tem essa. Se eles tem faixa exclusiva, TEM QUE ANDAR NELA, e esperar atrás do outro ônibus para que os passageiros que precisam ir para aquele itinerário embarquem. Os usuários TEM QUE SER RESPEITADOS, afinal, são eles que mantem o sistema.

  • marcelo | Quarta-Feira, 07 de Fevereiro de 2018, 16h37
    2
    1

    A falta de fiscalização uma fiscalização eficiente pela SEMOB, vem bagunçando o transito na capital,,, os carros de passeio, para nos pontos de o nibus e causa um transtorno, o ônibus não tem onde para, e para na rua para o passageiro descer, ai vira uma zona o transito,,, esses amarelinhos deveria ser melhor comandado,, ou não tem chefe nesta secretaria, se tiver esse chefe deve ser incompetente ou cego,,,,

  • Sociedade | Quarta-Feira, 07 de Fevereiro de 2018, 15h48
    11
    1

    Agora sim esta certo, pois esta cheio de motorista de ônibus vagabundo que tem a faixa para ele mais quer andar na outra faixa....porque alguns são bem vagabundo que gosta de fechar carro pequeno tem que multar mesmo alguns porcarias...

  • André Siqueira | Quarta-Feira, 07 de Fevereiro de 2018, 15h22
    6
    1

    E os tratores e maquinários de obra que também atrapalham o trânsito, e muitas vezes poe em risco os outros motoristas, haja vista o despreparo dos condutores para conduzirem tais veículos em via publica, e pelo código de trânsito não deveriam circular em tais vias??? Quando que a prefeitura vai fazer alguma coisa???

  • lucas | Quarta-Feira, 07 de Fevereiro de 2018, 11h33
    21
    0

    Agora sim uma medida decente!

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS