Cidades Quarta-Feira, 10 de Julho de 2024, 09h:40 | Atualizado:

Quarta-Feira, 10 de Julho de 2024, 09h:40 | Atualizado:

GUERRA AGRÁRIA

PC investiga "conexão" entre mortes de dois advogados em Cuiabá

Zampieri e Nery foram assassinados na frente dos escritórios

LEONARDO HEITOR
Da Redação

Compartilhar

WhatsApp Facebook google plus

OAB-zampieri-renatonery

 

O delegado Nilson Farias, da Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), afirmou que a Polícia Civil não descarta uma possível ligação entre as execuções do advogado Roberto Zampieri e do ex-presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Mato Grosso (OAB-MT), Renato Gomes Nery. Segundo o policial, o inquérito que apurou a morte do jurista assassinado em dezembro de 2023 será disponibilizado para a equipe que investiga as circunstâncias do crime cometido na última sexta-feira (5).

Roberto Zampieri foi assassinado na noite do dia 5 de dezembro de 2023, em frente ao seu escritório no bairro Bosque da Saúde, na Capital. Ele estava dentro de uma picape Fiat Toro quando foi atingido pelo executor com diversos tiros de pistola calibre 9 milímetros. O atirador, identificado como Antônio Gomes da Silva, de 56 anos, foi preso na cidade de Santa Luzia, região metropolitana de Belo Horizonte (MG).

Renato Gomes Nery morreu na madrugada de sábado, após ter sido alvo de um atentado a tiros na manhã de sexta-feira (5), em circunstâncias semelhantes a da morte de Roberto Zampieri. Os dois advogados atuavam no direito agrário e, em comum, trabalhavam em ações judiciais envolvendo grandes propriedades rurais, avaliadas em milhões de reais.

Segundo o delegado Nilson Farias, todo o material presente no inquérito que investigou a morte de Roberto Zampieri ficará disponível para o delegado Bruno Abreu, que comanda as investigações do assassinato de Renato Gomes Nery. No entanto, o policial civil afirmou que é prematuro afirmar que os dois casos possuam algum tipo de ligação.

“Isso vai ser investigado. Quem está cuidando deste inquérito é o delegado Bruno Abreu. Nós trocamos informações e tudo que colhemos no caso do Roberto Zampieri será disponibilizado e será verificado se há algum tipo de conexão ou não entre os dois casos. É difícil falar alguma coisa, porque a apuração da morte do Renato Gomes Nery começou agora”, afirmou.





Postar um novo comentário





Comentários (6)

  • JOSEH

    Quinta-Feira, 11 de Julho de 2024, 01h36
  • Fran.Co disse bem, dia 5 foi o dia das mortes.
    0
    0



  • Dito

    Quarta-Feira, 10 de Julho de 2024, 12h28
  • Processo de fabricação da pizza com bode expiatório já começou... joga nas costas do orelha mesmo...
    2
    0



  • Fran.CO

    Quarta-Feira, 10 de Julho de 2024, 12h15
  • Uma outra coincidencia é que as DUAS mortes foram na mesma data, dia 5, embora em meses diferentes.
    1
    2



  • JOSEH

    Quarta-Feira, 10 de Julho de 2024, 11h10
  • Prenderam gente errada e agora vê conexão? Sei não, acho que nada tem haver com outro.
    3
    0



  • Lula Ladrão

    Quarta-Feira, 10 de Julho de 2024, 10h58
  • E os juizes e desembargadores corruptos quando vão começar a receber a mesma punição?
    8
    2



  • Henrique Barros

    Quarta-Feira, 10 de Julho de 2024, 10h36
  • Na minha opinião, quando as pessoas percebem que a justiça falha começam a fazer justiça com as próprias mãos. Além disso, quando têm um exemplo de que a eliminação de um advogado pode ser um caminho para atingir seu objetivo, e vêem que não houve punição rápida, a tendência é a repetição, é a imitação. Meu medo é que também cheguem a conclusão de que a eliminação de magistrados também pode ser um caminho para se obtenção de justiça. Vivemos tempos tenebrosos em que os homens não confiam mais na justiça divina.
    6
    1









Copyright © 2018 Folhamax - Mais que Notícias, Fatos - Telefone: (65) 3028-6068 - Todos os direitos reservados.
Logo Trinix Internet