02 de Julho de 2020,

Cidades

A | A

Sexta-Feira, 21 de Fevereiro de 2014, 10h:01 | Atualizado:

TRÂNSITO PARADO

Ponte Júlio Muller é bloqueada para obras do VLT

Secopa

ponte

 Ponte é interditada para lançamento de vigas para nova estrutura

Como informado nas últimas semanas, a Ponte Júlio Muller foi bloqueada para início do lançamento das vigas pré-moldadas pelo Consórcio VLT Cuiabá – Várzea Grande. O acesso à ponte que liga às cidades de Cuiabá e Várzea Grande foi interrompido durante a madrugada desta sexta-feira (21.02) para que a contratada avance com a implantação do novo modal de transporte urbano. 

Além do lançamento das vigas, o Consórcio VLT fará o reforço na estrutura da ponte existente, para a implantação da via permanente, e avançará ainda mais na execução da drenagem da Avenida da FEB. A ponte permanecerá interrompida até que os serviços sejam concluídos pelo Consórcio VLT Cuiabá – Várzea Grande.

MUDANÇAS NO TRÂNSITO 

Para quem segue de Várzea Grande para Cuiabá, a sugestão é passar pelas pontes Sérgio Motta e Maria Elisa Bocaiúva (Ponte Nova). Já para os motoristas que seguem de Cuiabá para Várzea Grande a ponte está liberada, porém, após a passar pela estrutura o fluxo de veículos será conduzido para a pista contrária, retornando para a pista original na altura do Posto Top. 

Para o motorista que segue com destino a Cuiabá, uma das opções é fazer o retorno na rotatória existente no entroncamento da Av. FEB com a rua Vereador Abelardo de Azevedo, no bairro Construmat, voltar pela Avenida (em direção ao Zero Km) para acessar a rua Sarita Baracat, no bairro Ponte Nova, entrar à esquerda na rua do Lambari, à direita na avenida Dom Orlando Chaves e então acessar a Ponte Nova, em direção à Avenida Miguel Sutil. 

Outra opção para seguir no sentido Aeroporto-Cuiabá é passar pela ponte Sérgio Motta. O motorista seguirá pela Avenida 31 de Março, no bairro da Manga, pela rua Professora Izabel Pinto, avenida Dom Orlando Chaves em direção à avenida Doutor Paraná, e então à ponte Sérgio Motta. 

OBRA 

A ponte está sendo construída à jusante do rio (do lado direito da ponte existente, no sentido Várzea Grande-Cuiabá). Tem cerca de 350 metros de comprimento e será usada para o tráfego de veículos. A central servirá para passagem do VLT e a ponte utilizada para o trânsito no sentido Cuiabá-Várzea Grande não sofrerá alteração no tráfego de veículos. A estrutura hoje existente receberá reforço para suportar a via permanente e o trânsito futuro.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS