20 de Novembro de 2019,

Cidades

A | A

Terça-Feira, 22 de Outubro de 2019, 16h:28 | Atualizado:

REAL FAKE

Preso pela PF escondia 7 documentos falsos


Gazeta Digital

realfake.jpg

 

O homem preso na operação Real Fake em Cuiabá, na manhã desta terça-feira (22) tinha 7 documentos falsos como RG, CPF e carteira de motorista, que foram localizados na casa dele, na região do Coxipó, em Cuiabá. Ele é suspeito de integrar a quadrilha que fabricava e vendia cédulas de dinheiro falsificado.

J.P.A.S. foi preso em flagrante e ameaçou os policiais de morte durante a detenção. Ele foi encaminhado para a sede da Polícia Federal, em Cuiabá, para ser ouvido. Há suspeitas de que ele seja membro de uma facção criminosa.

Nos documentos encontrados constavam diferentes nomes usados por J. com locais de nascimento como Cuiabá, Várzea Grande, Rondonópolis e Vitória, no Espírito Santo. Também foram localizados 3 cartões de crédito, que seriam usados para comprar produtos caros.

A Operação Real Fake investiga um grupo criminoso que vendia as cédulas falsas pelo WahtsApp, Facebook e até em sites de venda de produtos usados. Nas “propagandas”, eles garantiam a “melhor qualidade” nas notas falsificadas. A maior parte do material ilegal era de notas de R$ 50.

O grupo também enviava as cédulas pelos Correios para outros estados. Em junho um homem foi preso em São Paulo quando despachava uma “encomenda” cheia de notas falsas. A ação desse suspeito ajudou a encontrar outros integrantes da quadrilha.

Na manhã desta terça casas e estabelecimentos comerciais foram alvo de mandados de busca e apreensão para coletar provas da ação do grupo, incluindo uma empresa de lavagem de carros, no bairro Santa Terezinha 2, em Cuiabá. O jovem preso só foi detido pelo flagrante encontrado.

 

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS