Cidades Quarta-Feira, 08 de Maio de 2019, 17h:41 | Atualizado:

Quarta-Feira, 08 de Maio de 2019, 17h:41 | Atualizado:

Notícia

Reedecudandos do CRC recebem círculo de construção de paz

 

Da Redação

Compartilhar

WhatsApp Facebook google plus

Momentos de autoconhecimento, reflexão, troca de experiências e empatia. Essas são algumas das características dos Círculos de Construção de Paz, realizados para os aproximadamente 20 reeducandos da ala LGBT do Centro de Ressocialização de Cuiabá (CRC). O objetivo é implementar o método de restauração e solução de conflitos na unidade e as ações são feitas pelas facilitadoras do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos (Nupemec), em parceria com o Núcleo Gestor de Justiça Restaurativa (Nugjur).

Em abril, outro círculo, com o mesmo objetivo, foi realizado para as reeducandas da Cadeia Pública Feminina de Tangará da Serra (239 km a médio-norte de Cuiabá). “Estamos aqui para formar bons relacionamentos entre os participantes. Eles serão acompanhados regularmente pelos facilitadores formados e poderão repassar essas experiências para as outras pessoas que convivem com eles no sistema prisional”, pontou Ana Teresa Pereira Luz, orientadora do Nugjur.

Os círculos tiveram o apoio e acompanhamento das orientadoras do Nugjur do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), Ana Teresa e Roseli Barreto Coelho Saldanha, além das facilitadoras Natália Pereira Antunes e Francislene Santos Vilela Pinto.

Os círculos de paz integram o programa Justiça Restaurativa, implantado no Poder Judiciário com o intuito de mudar a percepção da justiça criminal tradicional, por meio da sensibilidade e escuta dos ofensores das vítimas.

O trabalho consiste no encontro entre a vítima, as pessoas que a apoiam, o ofensor, juntamente com as pessoas que vão ajudá-lo na reparação dos danos. Quem faz esse trabalho é o mediador ou conciliador credenciado para trabalhar no Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc) da comarca.





Postar um novo comentário





Comentários

Comente esta notícia






Copyright © 2018 Folhamax - Mais que Notícias, Fatos - Telefone: (65) 3028-6068 - Todos os direitos reservados.
Logo Trinix Internet