13 de Agosto de 2020,

Artigos

Cultura

A | A

Domingo, 09 de Março de 2014, 09h:40 | Atualizado:

CASA DO GOVERNADOR

Antiga residência dos governadores deverá abrigar museu de arte

residencia_governadores_620p.jpg

 

A Residência Oficial dos Governadores, casarão localizado no Centro de Cuiabá, deverá abrigar o Museu de Arte de Mato Grosso. Atualmente, no imóvel localizado na rua Barão de Melgaço, funciona a MT Fomento, autarquia do governo. O espaço foi desativado como residência oficial em 1986 e teve como último morador o então governador Júlio Campos.

A ideia é que a casa se transforme em uma pinacoteca e exponha obras de arte que fazem parte do acervo da Secretaria de Cultura do estado. Porém, conforme a assessoria de imprensa da pasta, ainda não há previsão de quando o museu deverá abrir as portas.

O estado publicou na sexta-feira (7), no Diário Oficial, a resolução que regulamenta a implantação do museu, assim como a publicação do edital para a escolha da empresa de direito privado que vai administrar a instituição.

A SEC vai disponibilizar R$ 150 mil por ano para sustentar a pinacoteca, conforme o edital de escolha da instituição gestora, que deverá ser a responsável por reformas, manutenções gerais, compra de equipamentos, oficinas e conservação do prédio. A previsão é que a escolha da vencedora seja divulgada até o dia 27 de março.

As entidades interessadas deverão ser qualificadas como Oscip (Organização da Sociedade Civil de Interesse Público) ou OS (Organização Social) com atuação na área de cultura. O contrato será de dois anos, mas poderá ser prorrogado.

A Residência Oficial dos Governadores foi construída no século passado, entre 1939 e 1941, tendo como primeiro hóspede ilustre o presidente Getúlio Vargas. A casa abrigou, durante 45 anos, 14 chefes do executivo do estado. A reforma mais recente do espaço ocorreu em 2000.



Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Hernani Monteiro da Silva | Domingo, 09 de Março de 2014, 18h33
    0
    0

    Em maio de 1986,poucos dias antes de deixar o cargo de Governador do Estado, o então Governador Julio Campos (grande incentivador da preservação da memoria cultural de Mato Grosso), inaugurou com a minha presença o Museu do Estado e dos Governadores, nessa antiga casa residencial dos Chefe de Estado de MT. Noite magnifica,que contou a presença dos familiares dos ex-ocupantes daquela casa,como os Múller,Ponce de Arruda,Corrêa da Costa,Fragelli,Pedrossian.Garcia Neto, e os Campos (Frederico e Julio),inaugurando aquela patriomonio cultural dos Matogrossenses.Os acervo-mobiliário do antido Palácio Alencastro e da residencia, as pratarias os tapetes ,,as fotos,os documentos e outros objeto pessoais do ex-Governadores,foram doados aquele acervo e expostos aos visitantes.LAMENTAVELMENTE...os incultos e alienígenas, que vieram compor o Governo Carlos Bazerra(PMDB), por inveja, comandada pelo sr. Sebastião Carlos Gomes de Carvalho, hoje membro da Academia MT de Letras e do Instituro Histórico e Geografico de MT, que era o Presidente da Fundação Cultura de MT, substituindo a Prof.Joacira Bulhões, e a então Sec.de Educação e Cultura de MT,a gaúcha Serys Secksarenko,que depois veio ser Deputada e Senadora, MANDARAM ACABAR com aquele Museus, e sumiu praticapemnte com tudo. E agora em boa hora, a Secretária Janete Riva, quer resgatar essa obra do Governador Julio Campos (1983-87), oque será APLAUDIDA por todos nós cuiabanos. Dona Janete, sairá consagrada,se conseguir implantar esse novo centro cultural de Cuiabá. Nossos aplausos....

  • Raimundo Mendes | Domingo, 09 de Março de 2014, 10h53
    0
    0

    Engraçado, para o Deputado Riva as OSS não servem para a saúde mas para a secretaria da mulher Janete Riva serve. Dois pesos e duas medidas. Ou o interesse na saúde e outro deputado?

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS