05 de Agosto de 2020,

Cultura

A | A

Quinta-Feira, 02 de Julho de 2020, 18h:27 | Atualizado:

MUNDO ANIMAL

Elefantas africanas ficam em santuário de MT

kuky.jpg

 

Duas novas elefantas africanas serão as novas moradoras do Santuário dos Elefantes Brasil, em Chapada dos Guimarães, a 65 km de Cuiabá. Elas residem, atualmente, em Buenos Aires, na Argentina.

O santuário anunciou, nessa quarta-feira (1º), que a cidade de Buenos Aires assinou um decreto oficial declarando que Kuky e Pupy serão as novas residentes. Está sendo feita a construção do habitat dos elefantes africanos, para que Kuky e Pupy sejam transferidas para o novo lar. Por isso, a transferência não deve acontecer imediatamente.

Além disso, primeiramente, a elefanta Kenya, também africana, deve ser transferida Ecoparque de Mendoza, na Argentina. Uma campanha foi feito no ano passado para resgatar Kenya. A campanha, chamada de 'Cercas, Recintos e Elefantes!', arrecadou recursos para construir um espaço para abrigar a nova moradora.

A expetativa do santuário é que a chegada das três ocorra em seis meses, já que agora há o processo de licenças que devem ser emitidas, as quarentenas que devem acontecer e todo o trâmite burocrático. Ao concluir a construção desse habitat e a burocracia, Kenya e, em seguida, Kuky e Pupy devem ser transportadas para o novo lar.

Kuky e Pupy chegaram ao parque, em Buenos Aires, em 1993.

Guida e Maia foram os primeiros elefantes do santuário e chegaram em Mato Grosso em outubro de 2016. Elas eram atrações em shows de circos na Ásia, foram resgatadas e estavam vivendo em um pequeno sítio em Minas Gerais.



Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS