Cultura Terça-Feira, 07 de Maio de 2024, 21h:05 | Atualizado:

Terça-Feira, 07 de Maio de 2024, 21h:05 | Atualizado:

PÃO E CIRCO

Juiz dá 3 dias para prefeito explicar sinais de superfaturamento de show em MT

Feliz Natal pagará R$ 600 mil de cachê; outras cidades pagaram R$ 350 mil

Da Redação

Compartilhar

WhatsApp Facebook google plus

eduardocosta-cantor.jpg

 

O juiz Humberto Resende Costa determinou na terça-feira (7) a intimação da Prefeitura de Feliz Natal (530 km de Cuiabá) para justificar, em 72 horas, o pagamento de cachê de R$ 600 mil ao cantor sertanejo Eduardo Costa. Uma ação popular que foi ajuizada na Comarca aponta superfaturamento no valor, uma vez que, para efeito de comparação, um município do interior da Bahia, com população três vezes maior que Feliz Natal, gastou R$ 350 mil com o cachê do astro sertanejo.

Também foi anexado na petição inicial que outros municípios de Mato Grosso, com maior população, gastaram menos com a atração artística, contratando, igualmente, outros cantores e duplas de renome do gênero sertanejo. Após a apresentação da defesa pela Prefeitura de Natal, haverá manifestação do Ministério Público de Mato Grosso, para, logo em seguida, o juiz decidir a respeito do pedido de liminar que reivindica a suspensão do show por indícios de superfaturamento.

O show do cantor sertanejo Eduardo Costa está marcado para o dia 4 de setembro na 11ª edição da Expofeliz, feira agropecuária e comercial do município. Já fecharam contrato para se apresentar no evento a dupla sertaneja Humberto e Ronaldo e a cantora Manu Bahtidão. "Avaliando todo o conjunto documental da inicial, temerário conceder a mediada ora pleiteada sem a devida manifestação do município de Feliz Natal/MT, pelo que me resguardo a fazê-lo após a notificação para prestação das informações pertinentes, em atenção ainda aos princípios do contraditório e ampla defesa", detalhou ao intimar o prefeito Toni Dubiela (MDB).

 





Postar um novo comentário





Comentários (8)

  • TODOS

    Quarta-Feira, 08 de Maio de 2024, 12h03
  • PARABÉNS A JUSTICA
    0
    0



  • Marcela

    Quarta-Feira, 08 de Maio de 2024, 11h05
  • Orçamento de FELIZ NATAL deve ser de 30MILHOES e paga um show de 600.000 que dá 2%. Prçamento da cidade do Rio de Janeiro 43BILHÕES que pagou 10.000.000 pelo show da Madonna que dá 0,023%. Ou seja; a farra do sertanejo e gospel com $$$ público é infinita já que pelo menos umas 4000 cidadezinhas quebradas pelo Brasil fazem isso.
    0
    0



  • Eloi Wanderley

    Quarta-Feira, 08 de Maio de 2024, 07h56
  • Enquanto isso a fila dos ossinhos continua crescendo, tema este que o atual mandatário prometeu acabar.
    1
    0



  • Francisco de Sales

    Quarta-Feira, 08 de Maio de 2024, 07h42
  • Aí que tá o golpe, R$ 250.000,00. Para fazer campanha da reeleição todo prefeito que quer reeleger, vai usar a máquina municipal.
    0
    0



  • JOSE MARGRIT

    Quarta-Feira, 08 de Maio de 2024, 07h13
  • Um dia o GAECO vai conseguir desbaratar essa malandragem....legislador estadual, Cultura estadual, prefeito, agenciador, prefeito, secretario.
    0
    0



  • Galo Bravo

    Quarta-Feira, 08 de Maio de 2024, 06h49
  • O CABARÉ da Madona foi o ITAÚ e a Heinniken quem bancou.....e o Prefeito do Rio .
    1
    0



  • Madonna pode?

    Terça-Feira, 07 de Maio de 2024, 22h39
  • Enquanto isso o show da Madonna que ficou por uma bagatela de 59 milhões pode...
    8
    24



  • MANOEL PORRETA

    Terça-Feira, 07 de Maio de 2024, 21h15
  • TENHO MUITA FÉ NA INSTITUIÇAÕ CHAMDO MINSTERIO PÚBLICO, NÃO PODE DEIXAR JOGAR DINHEIRO PÚBLICO NO LIXÃO, TEM GENTE, TEM CRIANÇA, TEM IDOSO, PASSADO FOME DR. PROMOTOR NESSE NOSSO PAÍS.
    17
    6









Copyright © 2018 Folhamax - Mais que Notícias, Fatos - Telefone: (65) 3028-6068 - Todos os direitos reservados.
Logo Trinix Internet