Cultura Sábado, 22 de Junho de 2024, 11h:32 | Atualizado:

Sábado, 22 de Junho de 2024, 11h:32 | Atualizado:

RESILIÊNCIA

Miss Maturidade desafia esterióticos e sonha com mundial

 

GAZETA DIGITAL

Compartilhar

WhatsApp Facebook google plus

veia-miss

 

Se engana quem pensa que seguir com uma carreira de miss só é possível no auge da juventude ou com uma preparação intensiva desde a infância. Com beleza e carisma que chamam a atenção, foi na maturidade que a servidora pública aposentada Maria do Carmo Paes de Oliveira, 70, adentrou para o mundo das passarelas e tem se consolidado nos concursos de beleza.

Aclamada como a Miss Maturidade Cuiabá 2022 e Miss Maturidade Mato Grosso 2023, a cuiabana está de passagem comprada para representar o estado no Festival Beauty Worldwide Brasil 2024, que ocorre em Curitiba no próximo mês e espera trazer a coroa e a faixa de Miss Maturidade Brasil 2024. Ao alcançar este objetivo, pretende concentrar esforços e energias para seguir rumo ao Miss Universo, seu grande sonho.

Embora nunca tenha se lançado a concursos de beleza quando mais jovem, a vontade de desfilar sempre esteve tímida em suas lembranças desde criança. Contudo, a vida não foi fácil para Maria do Carmo, que lembra com lágrimas nos olhos que desde muito cedo teve de batalhar para conquistar seus objetivos e dar um futuro melhor para a família.

De origem humilde, ficou órfã de pai com apenas 9 anos e parou de estudar. Antes mesmo de completar a maioridade já trabalhava para ajudar nas contas de casa. Anos mais tarde, em nome da independência e de uma vida melhor, batalhou para conseguir seguir com os estudos e ter um emprego em uma época em que “lugar de mulher era dentro de casa".

O ponto de virada foi persistir na educação, algo que faz questão de ressaltar. “Sempre tive o foco que a gente só vence através do estudo. Eu pensava comigo mesma que meus filhos nunca iriam passar o que eu passei. Realmente não passaram. Só através da educação que você consegue crescer na vida, socialmente, profissionalmente, financeiramente. Foi assim a minha luta”, enfatiza.

Formada em contabilidade pela UFMT, prestou diversos concursos públicos, passando em 5 deles. Tomou posse e assumiu no concurso público de agente de fiscalização e arrecadação da Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz-MT). Para criar os 3 filhos com dignidade, chegou a ter 3 empregos ao mesmo tempo: o cargo no Estado, o próprio escritório de contabilidade e ainda fazia serviços como contadora em outro período.

Maria se recorda com carinho do apoio e compreensão que teve dos chefes para cumprir seus horários nos diferentes turnos e empregos para conseguir sustentar sua família. Hoje aposentada, com os filhos já adultos, 6 netos e um bisnetinho, Maria se vê em uma fase para cuidar de si, da saúde e do seu bem-estar. Ficar em casa sozinha não é para ela. Viaja, frequenta bailes e boates com as amigas, pratica diversas atividades físicas como caminhada, boxe, musculação e prioriza uma vida saudável e muito ativa.

Mas nem tudo está somente no exterior físico. Maria do Carmo acredita que a beleza vem primeiramente do interior. “Beleza para mim é cuidar da alma, ter fé em Deus, respeitar o próximo. Não adianta você ter beleza corporal se não tem uma beleza espiritual. Depois vem a beleza material, que é o seu corpo, sua imagem. Você cuidar e valorizar o corpo que você tem. Eu gosto de ser bonita para mim mesma, de me olhar no espelho e me sentir bem”, assinala.

Mundo dos desfiles e passarelas

Para Maria do Carmo, a idade não é barreira para a sensualidade e o autocuidado. Há alguns anos, quando estava comprando lingeries, foi apresentada por uma amiga ao coordenador de concursos Gonçalo Rodrigo, que viu nela o potencial e a incentivou a realizar o sonho antigo de participar dos concursos e colocar sua beleza em evidência.

“A Maria do Carmo é uma senhora super disposta, de bem com a vida, vaidosa, se cuida. É a mulher perfeita para dar início a esse movimento que ainda é muito tímido em Cuiabá e no estado. Esperamos que através do título e da representatividade dela, a gente consiga despertar muitos bons sentimentos e que muitas outras mulheres queiram participar, não só pelo título, mas também para se descobrir, pelo autoamor, mostrando para a sociedade que a beleza não tem idade, não tem forma, que a mulher pode ser bela em qualquer momento da vida”, destaca o coordenador.

Ele, que é produtor de eventos e atua na área há 15 anos em Cuiabá, ressalta que o trabalho nos concursos é promover o empoderamento feminino, discutir pautas atuais como o corpo livre, falar sobre a maturidade, combater o etarismo e abrir portas para que mais mulheres se descubram.

O primeiro concurso em que Maria participou foi o Miss Bumbum, em São Paulo, no ano de 2016, onde conquistou a segunda colocação. De lá para cá alcançou o Miss Maturidade Cuiabá 2022 e Miss Maturidade Mato Grosso em 2023 e faz participações em diversos desfiles e eventos.

A figura da Miss Maturidade não apenas desafia os estereótipos tradicionais das misses sempre jovens, mas também representa um símbolo de inclusão para mulheres maduras e redefine a concepção de beleza em uma sociedade que valoriza cada vez mais a diversidade e a autenticidade.

Com tamanha responsabilidade em mãos, o desejo de Maria é deixar uma mensagem para outras mulheres com seu pioneirismo enquanto Miss Maturidade da Capital e do estado. 

“O que eu quero com tudo isso é deixar um legado, que quando você tem um foco na vida, quer realizar um sonho nada pode atrapalhar, nem uma doença, nem idade, nada deve atrapalhar seu sonho. Nem mesmo quando se é tímida, estou vencendo isso e pretendo realizar esse sonho”, incentiva.





Postar um novo comentário





Comentários

Comente esta notícia






Copyright © 2018 Folhamax - Mais que Notícias, Fatos - Telefone: (65) 3028-6068 - Todos os direitos reservados.
Logo Trinix Internet