17 de Julho de 2019,

Cultura

A | A

Segunda-Feira, 22 de Abril de 2019, 10h:41 | Atualizado:

Selo Arcada abre Semana Sesc de Leitura e Literatura

Na terça-feira (23) o Arcada, selo literário criado por autores de Mato Grosso, lança oficialmente o seu primeiro pacote de publicações (quatro livros), na abertura da Semana Sesc de Leitura e Literatura - 2019.

À partir das 19h, os escritores Danilo Fochesatto, Júlio Custódio, Lorenzo Falcão e Rodrigo Meloni lançam seus livros, respectivamente, “Lá, onde uma porta jamais parou de bater” (contos); “Você derrubou coisas pelo Caminho” (poesia); "Distribuidora Falcão - versos no atacado e varejo” (poesia); e “Coitado do homem cujos desejos dependem” (conto). Os autores estarão autografando seus livros e quem comparecer terá um bônus especial.

Para o lançamento de terça, o Arcada, em parceria com o Sesc Arsenal, traz uma poderosa carta na manga. A participação do criador, compositor e vocalista da banda Vanguart, Helio Flanders. Ele vai apresentar seu show lítero-musical "Helio Flanders & as folhas de relva", onde mescla suas canções com leituras de poemas de Walt Whitman (1819-1892), poeta estadunidense, considerado por muitos como o "pai do verso livre".

Os livros foram produzidos de forma coletiva em todas as fases de uma publicação, desde a leitura conjunta de cada um dos originais e aplicação de alterações, escolha do papel, da capa e ilustrações, cores etc, conferindo ao "pacote" um visual identitário. Nesse processo de produção entrou também a estratégia de divulgação, com ênfase nas redes sociais, que implicou na criação de várias peças gráficas e audiovisuais.

Tais características sugerem o Arcada (leiaarcada.com) como um selo independente, mas, os autores/criadores do selo também definem a iniciativa como um conceito para autopublicações. O selo, aliás, está aberto à publicação de outros autores que desejarem "engrossar o caldo" e marcar presença em publicações futuras do Arcada.

Essa edição "independente" possibilita que os livros cheguem ao público com preços bastante razoáveis. Os livros são vendidos separadamente a 20 e 15 reais. Interessados em adquirir o "pacote" vão pagar 65 reais.

Resta frisar que os livros de Fochesatto, Júlio, Lorenzo e Meloni, que transitam entre a prosa e o verso, surgem num momento de intensa efervescência cultural em Cuiabá e Mato Grosso, especialmente na arte das letras. E que as variações de estilos e narrativas apresentam aos leitores um interessante recorte da literatura brasileira contemporânea produzida em Mato Grosso.

 

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS