20 de Setembro de 2019,

Curiosidades

A | A

Sábado, 24 de Agosto de 2019, 09h:11 | Atualizado:

PARCERIA

Anitta revela por que apresentou Pabllo Vittar ao mundo

anitta-pablo.jpg

 

Anitta foi entrevistada pela revista inglesa Dazed e abriu o jogo sobre Pabllo Vittar. Para a surpresa de todos, a cantora elogiou a drag queen e revelou o motivo de tê-la convidado para uma parceria em 2017, quando a apresentou ao mundo.

Na época, a ex-funkeira já fazia grandes parcerias no mercado internacional e promoveu o single “Sua Cara” com Pabllo Vittar. “Eu a convidei para mostrar às pessoas: ela canta bem pra caralho – melhor que eu, na verdade”, disparou a famosa.

“Ela [Pabllo] dança, é super legal, é linda e é uma drag queen e merece respeito”, revelou Anitta, falando sobre dar visibilidade à comunidade. “Eu tenho um grande público LGBT, e eu sou bissexual”, revelou, explicando melhor os motivos do convite.

“Quando você me vê, se eu não disser que sou bissexual, eu não tenho a representação física da comunidade LGBT. É diferente quando você é uma drag queen. Eles não são tratados com seriedade ou como pessoas talentosas”, enfatizou.

“Então, quando convidei Pabllo, a ideia era educar as pessoas sem que elas sentissem que estavam sendo educadas. Foi super indireto”, admitiu. Na sequência, Anitta disse ainda o motivo de ter escolhido Marrocos para a gravação do clipe.

“Eu escolhi um país muito conservador para juntar essas duas culturas muito diferentes. Quando estávamos filmando o vídeos, as pessoas perguntavam: ‘Nossa, o que está acontecendo?’. Essa era a minha ideia”, relatou.

“Não [era para] criar polêmia, mas fazer com que as pessoas debatessem as coisas. É a mesma coisa quando eu beijo uma menina em um vídeo. É para dizer ‘olha, isso é natural e você precisa tratar isso como algo tão natural quando você vê um homem e mulher se beijando”, disse ainda.

Por fim, Anitta falou sobre as parcerias com nomes como Madonna, Major Lazer, Alesso, Snoop Dogg e Swae Lee. “Eu gosto de mudar as coisas. Meu negócio não é apenas fazer música para as pessoas se divertirem e dançarem”, explicou.

“Eu gosto de fazer as pessoas discutirem as coisas e pensarem diferente”, completou.

 

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS