13 de Julho de 2020,

Curiosidades

A | A

Segunda-Feira, 25 de Maio de 2020, 18h:00 | Atualizado:

COVID

Antiviral remdesivir diminui tempo de internação

WhatsApp-Image-2020-01-05-at-16.19.59-960x640.jpg

 

Uma pesquisa feita com mais de mil pacientes adultos hospitalizados com a Covid-19, em dez países diferentes, apontou o medicamento antiviral remdesivir como um aliado para reduzir o tempo de internação pela doença.

O uso hospitalar do medicamento foi autorizado em 1º de maio, nos Estados Unidos, pela Food and Drug Administration (FDA), órgão norte-americano equivalente à Anvisa brasileira.

O Instituto Nacional de Alergias e Doenças Infecciosas dos Estados Unidos (Niaid) divulgou o estudo sobre o uso do medicamento na última sexta-feira (22/05), na revista científica New England Journal of Medicine.

Os cientistas avaliaram os resultados de 1.059 pacientes. Desses, 538 receberam doses intravenosas por dez dias, sendo de 200 mg do antiviral no dia 1, seguido por 100 mg por dia por até nove dias ou até a alta hospitalar ou a morte. Os outros pacientes ficaram no grupo controle, com a administração de placebo.

 

Os cientistas observaram que aqueles que receberam remdesivir tiveram um tempo médio de recuperação de 11 dias – variando entre nove e 12 dias –, enquanto o grupo de controle se recuperou em, aproximadamente, 15 dias (entre 13 e 19).

Apesar da informação animadora, o medicamento não se mostrou eficiente para evitar o óbito de alguns pacientes. As estimativas de mortalidade em 14 dias foram de 7,1% com remdesivir e 11,9% com placebo.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS