12 de Novembro de 2019,

Economia

A | A

Quinta-Feira, 17 de Outubro de 2019, 18h:43 | Atualizado:

Associação cobra providências do DNIT sobre obras em rodovia no Distrito Industrial

Mais acidentes graves podem ocorrer na BR-364, na região do Distrito Industrial de Cuiabá, se o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), não tomar medidas necessárias para melhorar o trânsito no local e aumentar sinalização. O trecho urbano da rodovia está em obras de duplicação, sob responsabilidade do DNIT, causando diversos problemas na trafegabilidade local, provocando acidentes quase que diariamente.

A Associação das Empresas do Distrito Industrial de Cuiabá (AEDIC) tem feito reiterados pedidos ao DNIT para que sejam tomadas medidas que melhorem o transito na rodovia, com sinalização e aberturas de desvios mais adequados. O tráfego naquele trecho da BR é intenso, misturando veículos, especialmente caminhões e carretas, que chegam e saem de Cuiabá e pessoas que moram e trabalham na região.

Além de continuas manifestações orais, no dia 09 de outubro a AEDIC encaminhou uma notificação ao DNIT, pedindo urgência nas providências em relação aos transtornos provocados pelas obras. “Transtornos causados na extensão da BR 364, devido as obras de ampliação da mesma, prejudicando todos os que nela transitam, ocasionando acidentes todos os dias, principalmente em horários de entrada e saída dos trabalhadores”, aponta o documento.

A notificação afirma ainda, que “o problema se agravou ainda mais com o fechamento de acesso aos inúmeros bairros do entorno. Ressaltamos que já foi verbalmente solicitado  inúmeras vezes ao DNIT um desvio do trafego pesado, que seguiria para a Rodovia dos Imigrantes, direcionando para a Avenida O, nos dois sentidos”.

Na segunda-feira (14/10), um acidente grave no local fez uma vítima fatal. Um motociclista colidiu com um veículo, caiu, sendo em seguida atropelado por um carro, vindo a óbito na hora.

A presidente da AEDIC, Margareth Buzetti conta que o desvio de acesso aos bairros, que passa dentro do Dentro Industrial, está horrível, mal sinalizado, causando riscos aos motoristas. “Tudo está sendo feito sem os devidos cuidados com o transito, que continua intenso”. Seria de grande valia a participação da Polícia Rodoviária Federal e dos Guardas Municipais (os Amarelinhos) para dar apoio e orientação a todos que trafegam principalmente nos horários de pico”, explica Margareth. “É importante ressaltar que as obras estão avançando em ritmo acelerado, mas a ameaça de novos acidentes é iminente”, pontua.

No dia 01 de outubro, após um jovem, também em uma moto, sofrer outro grave acidente no local, a Delegacia Especializada de Delitos de Trânsito (Deletran) já havia alertado que as obras intensificaram o trânsito nas ruas paralelas a rodovia, incluindo aquelas dentro do Distrito Industrial, ocasionado diversos acidentes. Na ocasião, jovem teve ferimentos graves, incluindo traumatismo craniano.

 

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS