27 de Janeiro de 2020,

Economia

A | A

Quinta-Feira, 27 de Fevereiro de 2014, 10h:00 | Atualizado:

OPORTUNIDADE DA COPA

Austrália organiza comitiva para fazer negócios com MT durante a Copa

Secom-MT

autralia.jpg

Representantes do país visitaram ontem a Arena Pantanal

Não apenas os torcedores australianos estão interessados em Mato Grosso. Desde o anúncio do jogo da seleção em Cuiabá, os empresários da Austrália avaliam negócios com o setor produtivo mato-grossense. Já estão confirmados 15 mil torcedores australianos para o jogo contra o Chile, dia 13 de junho, na Arena Pantanal. A expectativa é que o número chegue a 23 mil, com a inclusão de representantes de importantes empresas interessadas no agronegócio e na mineração. 

A perspectiva é do cônsul-geral da Austrália no Brasil, Kym Fullgrabe, que esteve nesta quarta-feira (26.02) em Cuiabá para conhecer a cidade e inteirar-se sobre as possibilidades de comercialização com Mato Grosso. “Minha tarefa principal é aumentar o nível de negócios entre Austrália e Brasil, e a Copa é uma grande oportunidade para isso”. Ele citou como as áreas de interesse especialmente a aquicultura, a bovinocultura e a mineração. De acordo com o cônsul, os países poderão fortalecer as transações de minérios, expandindo a atuação para outros estados, como é o caso atual em relação a Minas Gerais, onde essa relação já está fortemente estabelecida. Além disso, destacou a expectativa de criar o intercâmbio de informações sobre melhoria genética de gado de corte, por exemplo. 

Para impulsionar a relação comercial com o Brasil, a Austrália reservou um pacote de ingressos para os jogos do mundial, que serão destinados a convidados estratégicos, entre eles empresas patrocinadoras da seleção. Em Mato Grosso, o cônsul conheceu o Projeto Novos Negócios, coordenado pela Secretaria Extraordinária da Copa (Secopa), e demonstrou entusiasmo em participar da iniciativa. Ele esteve acompanhado de dois gerentes de desenvolvimento de negócios da Comissão Australiana de Comércio (Austrade), Tania Saintive e Fábio Nave, que foram recebidos pelo gestor do projeto Novos Negócios, Múcio Ribas.

Após encontro na Secopa, o grupo visitou a Arena Pantanal, que também será palco de possíveis acordos comerciais durante os jogos. O cônsul ainda esteve nesta terça-feira (25.02) na Federação das Indústrias do Estado de Mato Grosso (Fiemt) e na Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato). 

A relação comercial entre a Austrália e Mato Grosso não é representativa, tanto que o país não aparece no ranking geral dos 30 maiores países importadores do Estado. Entre os oito países que jogarão em Cuiabá, a Austrália ocupa o sexto lugar na pauta exportações, tendo comprado US$ 2,97 milhões de Mato Grosso em 2013. Os dados são do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (Mdic). No entanto, apesar dessa condição, Múcio Ribas destaca que as perspectivas são as melhores, uma vez que o país tem demonstrado real interesse em aumentar o volume de transações e fortalecer a relação comercial com o Estado. “Esse fato é evidenciado pela visita do cônsul e pela mobilização que o país tem feito para promover a missão de negócios durante a Copa”. 

 

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS