05 de Dezembro de 2019,

Entrelinhas

A | A

Quarta-Feira, 20 de Novembro de 2019, 17h:45 | Atualizado:

SENTIMENTO POPULAR

Campos defende 2ª instância

jayme-campos-2.jpg

 

O senador Jayme Campos (DEM-MT) se revelou um “entusiasta” da possibilidade da prisão após a condenação na 2ª instância da justiça. Atualmente, a Constituição Brasileira só permite a reclusão em regime fechado quando ocorre o chamado “trânsito em julgado”– ou o término do processo, onde não há mais recursos possíveis.

Um projeto de lei tramita na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado com a proposta de regulamentação da prisão em 2ª instância. Em declaração a jornalistas no último dia 18 de novembro, Jayme Campos comentou o assunto. “Naturalmente vai ser encaminhado, vai passar pelas comissões, Comissão de Constituição e Justiça, e depois o plenário. Particularmente hoje, eu tenho a sensação, pela maioria esmagadora dos senhores senadores, ela será votada de forma favorável pela condenação na 2ª instância”, analisou Campos.

Após aprovação na CCJ do Senado, o projeto de lei ainda precisa ser votado pelos senadores em plenário e só então será encaminhado à Câmara dos Deputados, onde também deverá ser analisado.

 

Postar um novo comentário

Comentários (7)

  • Maria | Sexta-Feira, 22 de Novembro de 2019, 10h08
    0
    0

    A Selma Arruda já foi condenada em segunda instância eleitoral. Se passar a proposta então vão cassar imediatamente o mandato da Selma Arruda?

  • Pacufrito | Sexta-Feira, 22 de Novembro de 2019, 07h22
    2
    0

    Parabéns Senador, precisamo colocar o Brasil no trilho dos paises que combatem a corrupção e a bandidagem, se não colocarmos penas duras e a certeza que estes bandidos e corrutos irão para a cadeia, se não acabarmos com a impunidade, o Brasil será sempre esta imoralidade que esta ai, corruptos e bandidos tomando conta do Brasil, e pobres morrendo nas filias de hospitais por falta de recursos. Parabéns senador. agora só falta uma coisa, CPI da lava toga, é urgente, o judiciário esta se mostrando uma podridão, o congresso o senado tem a obrigação de investigar a bandalheira do judiciário.

  • Ares | Quinta-Feira, 21 de Novembro de 2019, 21h13
    1
    0

    Digita aí no Google quem é o maior ladrão do mundo ?Vai umas pistas é o ícone carro chefe presidiário de estimação do pt tem nove dedos nome de um molusco roubou bilhões deixando 14 milhões de desempregados foi tão canalha que se comparou a Jesus Cristo como o homem mais santo que já existiu mais não conseguiu provar sua inocência teve que mudar o entendimento do STF pela terceira vez para ser solto digita aí no Google mate sua curiosidade

  • joana | Quinta-Feira, 21 de Novembro de 2019, 14h03
    2
    0

    o senhor assinou a PEC?

  • Ricardo Augusto | Quinta-Feira, 21 de Novembro de 2019, 11h37
    3
    2

    Parabéns Senador Jayme Campos pela defesa da prisão após a decisão em 2a Instância. O brasileiro honesto,trabalhador e cumpridor das leis, que é a grande maioria da população brasileira, bem merece essa posição por parte do Congresso Nacional, o que certamente diminuirá a criminalidade, a impunidade e beneficiará sobremodo a segurança pública.

  • juvenal | Quinta-Feira, 21 de Novembro de 2019, 10h36
    8
    1

    defende prisão em segunda instancia para satisfazer o povo, mas vai defender o voto secreto no senado. Hipocrisia pura

  • Marcio | Quinta-Feira, 21 de Novembro de 2019, 07h41
    4
    2

    Parabéns ao senador por sentir os anseios de seus eleitores. Pena que o Wellington Fagundes, não tem tido a sensibilidade de que não se pode trabalhar em favor dos criminosos. O senador Wellington Fagundes, acha que os eleitores não estão atento as atitudes dos parlamentares. Em 2022, vai querer se reeleger, só que, será lembrado como o defensor de bandidos e corruptos.

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS