22 de Julho de 2019,

Entrelinhas

A | A

Sexta-Feira, 12 de Julho de 2019, 19h:41 | Atualizado:

GRAMPOLÂNDIA

MP faz campanha para se defender

domingos-savio2.jpg

 

O Ministério Público Estadual (MPE) resolveu “combater” o discurso de que não está disposto a investigar o caso dos grampos ilegais no Estado, em virtude da possibilidade de alguns membros estarem envolvidos. Em panfletos e até num vídeo da MPTV, o procurador Domingos Sávio de Barros Arruda explicou o porque de ter rejeitado as delações premiadas dos coronéis Zaqueu Barbosa e Evandro Lesco, além do cabo Gerson Luiz Correa Junior.

“Se não for trazer informações novas, com o mínimo de prova, fica muito fácil para o criminoso... se fosse assim seria uma desmoralização da Justiça penal”, colocou.

O órgão também citou que, desde que o caso veio a tona, ainda em 2017, as investigações ficaram apenas 4 meses sob coordenação do MPE. Por cerca de 1 ano e 7 meses, o caso esteve sob tutela do Superior Tribunal de Justiça (STJ), por determinação do ministro Mauro Campbell. “Nesses quatro meses, a OAB acompanhou. Agora, nós entendemos que fere a ordem jurídica essa fiscalização da OAB. Ela é apenas a noticiante do fato e cabe a nós exclusivamente e, privativamente ao procurador geral de Justiça, fazer a investigação de crimes eventualmente cometidos por membros do Ministério Público”, disse.

mpmt.jpg

 

 

Postar um novo comentário

Comentários (7)

  • pantaneiro | Sábado, 13 de Julho de 2019, 08h09
    6
    1

    Alôooooooooooooooo MINISTERIO PUBLICO FEDERAL, POLICIA FEDERAL, entrem na seara; coisas no seu congênere estadual do arco da velha, há muitossssssss anos!!!

  • Marcos Paulo | Sábado, 13 de Julho de 2019, 00h03
    6
    3

    QuantaS denúncias tem contra a Emanuel Pinheiro ???o Que eles tão fazendo??quantas Contra construtora 3 irmãos agora fratello??nhambiquara,tripolo,a lotufo vai sair hj ? Explodir esse mandato do Mauro Mendes podem ficar de olho o coaf..que vai sera te direcionada pra rua ganhar!!vai ser a que mais vai fazer obras no estado!!!fiquem de olho

  • Edmilson rosa | Sexta-Feira, 12 de Julho de 2019, 21h59
    12
    2

    Se esses promotores de justiça for honesto coloca o Lula também livre pois ele e Santo junto com esses promotores.

  • Antonio | Sexta-Feira, 12 de Julho de 2019, 21h34
    17
    2

    Isso não é nem corporativismo e sim que eles já constataram a culpabilidade de seus integrantes por isso não querem a prova disso é pronto.

  • Livramentense | Sexta-Feira, 12 de Julho de 2019, 20h27
    18
    4

    Sinônimo de corporativismo: MPEMT.

  • José | Sexta-Feira, 12 de Julho de 2019, 20h18
    15
    1

    Só blá blá blá aí tem políticos envolvidos aí fica no blá blá blá?

  • Ângela | Sexta-Feira, 12 de Julho de 2019, 19h55
    17
    3

    Eles acham que enganam alguém. La tem bandido igual tem nos demais Poderes. A diferença é que eles mesmos se investigam e o corporativismo impera.

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS