16 de Setembro de 2019,

Entrelinhas

A | A

Terça-Feira, 03 de Setembro de 2019, 16h:27 | Atualizado:

PROMOÇÕES NA PM

TCs travam guerra de nervos em MT

henriquezouza-mauromendes.jpg

 

O governador Mauro Mendes (DEM) deve oficializar até a próxima quinta-feira a promoção de sete tenentes coroneis para coroneis no cargo máximo da corporação em Mato Grosso. Esta é a maior abertura de vagas da história para o posto.

São 21 oficiais aptos para serem promovidos e a disputa nos bastidores é intensa e cheia de articulações políticas pelo salário mensal de R$ 26 mil. Nos bastidores do Palácio Paiaguás, se especula que o único com promoção certa é o atual chefe do Gabinete Militar, Eduardo Henrique Souza.

A pressão por abertura de vagas é tamanha que um grupo de políticos da região Norte do Estado estaria pressionando um coronel para se apresentar para que mais uma vaga fosse aberta. A PM pode ter no máximo 30 coroneis na ativa.

 

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • Eliane | Quarta-Feira, 04 de Setembro de 2019, 14h26
    0
    0

    A matéria está equivocada com relação ao salário, na verdade chega a 32.000!

  • Daniel Camargo | Quarta-Feira, 04 de Setembro de 2019, 08h07
    1
    2

    Tem um que mamou no Maluf e não conseguiu nada. Agora o mesmo anda rodeando a presidência da ALMT pra ver se consegue ser promovido. Ultima oportunidade, corona!

  • Antônio | Quarta-Feira, 04 de Setembro de 2019, 06h54
    2
    0

    Matéria exposta que não expressa a verdade... São 31 cel na ativa e o salário inicial são 32 mil..

  • Tomaz Turbano | Terça-Feira, 03 de Setembro de 2019, 21h45
    8
    0

    E os cabeça de piças ? Como que fica ?

  • Amdre | Terça-Feira, 03 de Setembro de 2019, 18h43
    9
    15

    Esse marcio não sabe de nada, inocente, farra mesmo é no exército, o maior exemplo é seu presidente, o capita, BÓRSA

  • Marcio | Terça-Feira, 03 de Setembro de 2019, 17h01
    22
    38

    Um absurdo! mais gastos. No Exército brasileiro, um oficial só alcança o generalato com cerca de 60 anos de idade. Aqui, como 40 anos alcança o posto máximo e com 50 aposenta, aumetando, ainda mais, o rombo nas contas públicas.

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS