15 de Agosto de 2020,

Esporte

A | A

Sábado, 10 de Fevereiro de 2018, 22h:11 | Atualizado:

Ação sai na frente, tem dois expulsos, e leva empate do Operário no fim

Depois de perder três jogos seguidos pelo estadual, o Ação entrou em campo contra o Operário VG disposto a deixar para trás a má fase, e não demorou muito para mostrar com o Luis Soldado que era dia de voltar a vencer. Mas depois do juiz Rodrigo da Fonseca distribuir três cartões vermelhos no segundo tempo, o Tricolor Várzea-grandense buscou o empate nos acréscimos.

Na primeira etapa, o time do técnico Hugo Alcântara foi quem teve as melhores chances de gol. Tanto que abriu o placar logo no início do jogo, depois que Heltinho brigou pela bola na lateral, passou para Luis Soldado, que foi muito feliz em um chute no cantinho do goleiro Thiago.

O goleiro do Operário VG aliás, foi o destaque do time na primeira etapa, com verdadeiros milagres, impedindo o Ação de ampliar.

No segundo tempo, aos 8 minutos, em uma dividida de bola, o autor do gol do Ação acabou levantando o pé em um jogo perigoso, mas o árbitro da partida Rodrigo da Fonseca entendeu que a falta era passível de cartão vermelho, e expulsou o jogador direto. O zagueiro Kall, reclamou com o juiz, e acabou expulso também.

O Ação jogou quase o segundo tempo inteiro com dois jogadores a menos. Até o zagueiro Rafael Caldeira, capitão do Operário também ser expulso. Foi aí, depois de muita pressão, que nos acréscimos, Diego Lira estreando pelo tricolor fez o gol de empate.

Com o resultado, o Ação perdeu duas posições, e caiu para sétimo lugar, com 7 pontos. Já o Operário VG permaneceu em quarto, com 8 pontos. O time de Cuiabá volta a jogar no próximo domingo dia 18 de fevereiro em Barra do Garças contra o Araguaia às 15h, e o time de Várzea Grande enfrenta o Cuiabá na Arena Pantanal às 17h10 também no domingo.



Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS