18 de Fevereiro de 2020,

Esporte

A | A

Domingo, 09 de Fevereiro de 2020, 20h:20 | Atualizado:

Antes de Eliminatórias, Tite não fecha as portas para veteranos

Ainda falta um mês para Tite selecionar os primeiros 23 convocados para o início das Eliminatórias de 2022. O Brasil estreia no Recife contra a Bolívia, na Arena Pernambuco. Mas o treinador, em entrevista ao Esporte Espetacular, já avisou: não vai olhar data de nascimento para a primeira lista, que vai atender também ao jogo contra o Peru, em Lima - no dia 31 de março.

- Aprendi uma coisa: em termos de idade, a gente não deve preconceituar. Porque atletas de alto nível que normalmente, em termos físicos, têm vida muito regrada e muito cuidada. A longevidade dele (do atleta de alto nível) é muito grande - disse o treinador da seleção brasileira.

Tite citou apenas um nome. Daniel Alves, justamente o mais velho dos selecionáveis (36 anos, que completa 37 em maio). O jogador do São Paulo foi capitão da última conquista brasileira, na Copa América 2019, disputada dentro de casa.

- Dani é um exemplo clássico. Ele estava vindo de cirurgia de joelho. Então, vou deixar o campo falar, o jogo falar.

Para o treinador e toda a comissão técnica, a estreia no Recife foi boa notícia. Tite disse que sentia "carinho maior" em jogos no Norte e Nordeste em relação a outras regiões do país.

- Todos os jogos que tivemos no Norte e Nordeste sempre houve carinho do torcedor um pouco maior em relação aos outros locais. "Ah, isso é ruim, isso é..." Não, estou constatando um fato. Não estou conceituando. É (isso) sim - afirmou o treinador da seleção brasileira.

 

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS