16 de Novembro de 2019,

Esporte

A | A

Segunda-Feira, 03 de Março de 2014, 08h:29 | Atualizado:

Bernard revela "plano de fuga" para conflitos na Ucrânia

Os conflitos na Ucrânia, antes concentrados na capital Kiev, se espalharam pelo país e chegaram nas proximidades de Donetsk, cidade na qual o meio-campista da Seleção Brasileira Bernard atua pelo Shakhtar. A escalada da violência no país preocupa o meio-campista, que na sua apresentação em Johannesburgo para o amistoso contra a África do Sul disse que existe até um plano de volta ao Brasil para a sua família caso a situação se agrave.

“Já tomamos as devidas providências para o caso de precisar sair urgentemente do país. Já deixei os nomes para o embaixador caso a situação se agrave ”, contou o jogador, que viajou para a África do Sul preocupado com a situação na região. Localizada no leste do país, Donetsk tem maioria pró-Rússia e pode virar um dos epicentros na tensão que atinge o país.    

“Já falei para o pessoal tomar cuidado e caso saia de casa para comprar mantimentos para várias semanas porque a gente não sabe o que esperar de uma situação dessa“, completou.

Bernard, no entanto, disse não se preocupar com interferência da crise no país na parte esportiva. Um jogo de seu clube na Liga Europa foi transferido de local recentemente.

"Já teve dois jogos cancelados da liga até o momento, mas não é uma situação preocuoante. Por mais que não tenha visibilidade, sabemos que ele é importante. Tenho certeza que o presidente do Shahthar está trabalhando para evitar problemas", disse.

Da mesma forma, Bernard evita dizer que os problemas no país podem forçar a procura de um novo clube. Segundo o meio-campista, dificilmente o presidente do clube o liberaria. "Estou há sete meses no clube, ele não me liberaria", completou. 

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS