04 de Agosto de 2020,

Esporte

A | A

Segunda-Feira, 22 de Janeiro de 2018, 15h:53 | Atualizado:

PERERECA

Goleiro continua preso por não pagar pensão em MT

perereca.jpg

 

O goleiro Heverton Santos de Oliveira, de 39 anos, conhecido como Heverton Perereca, continua preso, no Centro de Custódia de Cuiabá, por não pagar pensão alimentícia aos filhos, segundo a Secretaria de Justiça e Direitos Humanos de Mato Grosso (Sejudh).

Ele foi preso no intervalo do jogo pelo Campeonato Mato-Grossense 2018 entre o Operário Várzea-Grandense, time no qual ele atua, e o Luverdense, na quinta-feira (18) na Arena Pantanal.

O valor acumulado da dívida seria em torno de R$ 20 mil, mas a informação não pode ser confirmada, pois, segundo a Justiça, o processo tramita em segredo de Justiça. Esse valor, no entanto, estaria sendo negociado com a mãe das crianças.

O G1 entrou em contato com o irmão de Heverton, que estaria autorizado por ele para dar informações sobre o caso, mas o irmão alegou que, como o processo está em sigilo, não pode comentar e também se recusou a fornecer o nome do advogado. A reportagem ainda não localizou a defesa do goleiro.

O clube informou que não irá se manifestar sobre a prisão, porque é assunto pessoal do jogador.

A prisão de Heverton Perereca foi decretada pelo juiz Alberto Pampado Neto, da Terceira Vara Especializada de Família e Sucessões de Cuiabá.

Depois da prisão, ele foi substituído pelo goleiro Matheus Vinícius, que entrou em campo no segundo tempo.

O goleiro foi conduzido, sem o uso de algemas, por policiais da Rondas Ostensivas Tático Móvel (Rotam).

Heverton Perereca ficou dois anos afastado do futebol profissional e voltou a jogar em 2017. Em Mato Grosso, o jogador teve passagens por Mixto, Operário VG, Luverdense e Cuiabá, e estava atuando no futebol amador nesse período afastado do profissional.

 



Postar um novo comentário

Comentários (8)

  • Mixtense roxo | Quarta-Feira, 24 de Janeiro de 2018, 19h25
    0
    0

    Não irmã o ajudar ele quer dizer pagar a pensão alimentícia, ou você acha que ele preso vai trabalhar e pagar a pensão? É o contrário ele preso não paga a pensão alimentícia e nos temos que pagar auxílio reclusão pra ele. Bem assim Débora, aí se ele atrasar novamente cadeia nele novamente, duvido que ele volta a atrasar.

  • roberto silva | Terça-Feira, 23 de Janeiro de 2018, 10h29
    0
    0

    Na hora de comer a perereca ele bem que gostou, mas na hora de pagar pensão para os filhos o Perereca se impirulitou. Bem feito, pague e sai da cadeia. Enquanto isso vai durmindo e comendo às custas dos contribuintes.

  • VG Sincero | Terça-Feira, 23 de Janeiro de 2018, 10h12
    0
    0

    Pessoal pensao é isso ai mesmo. Entao antes de fazer pense nas consequencias. Fazer filho é muito bom, cuidar ninguem quer né.

  • Mimo | Terça-Feira, 23 de Janeiro de 2018, 09h26
    0
    0

    A pensão que esta sendo cobrada é só da filha e a dívida é superior a 20 mil.

  • Carlos Eduardo | Terça-Feira, 23 de Janeiro de 2018, 08h20
    2
    0

    Como diz o outro "Quem pariu Mateus que embale"

  • Dirigente profissional | Terça-Feira, 23 de Janeiro de 2018, 07h48
    4
    1

    Cade os amigos que da 200 por jogo pra ele? Que fiqur um alerta para esses times amadores é um mundo de ilusao

  • Debora | Segunda-Feira, 22 de Janeiro de 2018, 23h41
    3
    5

    Vaquinha pa ajudar o cara? Acorda oww.. e a crianca q ficou esse tempo todo sem ajuda?

  • Mixtense roxo | Segunda-Feira, 22 de Janeiro de 2018, 19h31
    12
    9

    Cadê os torcedores, dirigentes e demais que não faz uma vaquinha pra ajudar o cara??? Esta Esta copa MT só serve pra desempregar jogador que ficam sem o sustento da família durante meses.

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS