Mundo Sexta-Feira, 14 de Agosto de 2015, 11h:09 | Atualizado:

Sexta-Feira, 14 de Agosto de 2015, 11h:09 | Atualizado:

RECOMPENSA

Após sexo, professora aumenta nota de aluno

 

UOL

Compartilhar

WhatsApp Facebook google plus

professoratarada.jpg

 

Uma professora de inglês de ensino médio no Estado de Oklahoma, nos Estados Unidos, foi condenada a um ano de cadeia após fazer sexo com um aluno, que de repente passou a receber notas altas. As informações são dos jornais britânicos The Mirror e Daily Mail.

Segundo os investigadores, Kalyn Thompson, de 25 anos, trabalhava há menos de um ano na escola Kellyville High School quando começou a trocar mensagens com o estudante de 17 anos. A vítima afirmou que fez sexo com a professora duas vezes, a primeira perto de um lago, e a segunda num motel.

Os policiais afirmaram ainda que o estudante foi reprovado em inglês no semestre passado, mas recentemente tem média 98 na disciplina.

Em Oklahoma, a idade de consentimento é a partir dos 16 anos. Entretanto, como Thompson é uma figura de autoridade por ser professora, ela foi punida. A professora pediu demissão do trabalho. "Isso vai persegui-la pelo resto da sua carreira", afirmou Chrissie Underwood, responsável pelo caso. "Ela provavelmente não continuará sendo professora depois disso."

Segundo informações, a mãe do garoto teria entrado em contato com a professora, após ter descoberto as mensagens. Ela teria pedido que Thompson não procurasse seu filho fora da escola.

Os funcionários da instituição só ficaram sabendo da relação após dois estudantes terem visto a professora no carro da vítima e registrado o momento com fotos.

 





Postar um novo comentário





Comentários

Comente esta notícia






Copyright © 2018 Folhamax - Mais que Notícias, Fatos - Telefone: (65) 3028-6068 - Todos os direitos reservados.
Logo Trinix Internet