18 de Outubro de 2019,

Mundo

A | A

Quarta-Feira, 18 de Setembro de 2019, 12h:58 | Atualizado:

MISTÉRIO

Delator de Aécio e Lobão é encontrado morto

valadares.jpg

 

O ex-vice-presidente da Odebrecht Henrique Valladares, um dos principais delatadores da Operação Lava-Jato, foi encontrado morto na terça-feira (17/9) em apartamento no Rio de Janeiro. Ele foi um dos responsáveis pela delação de Aécio Neves (PSDB) e Edison Lobão (MDB). 

Ao Correio, a Polícia Civil carioca informou que foi feita uma guia de remoção de cadáver e o corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML), "onde foi nercopsiado e atestada a morte indeterminada, sendo liberado para retirada dos familiares". 

Sobre as delações, Valladares informou à Justiça ter feito depósitos que totalizaram R$ 50 mil em contas no exterior, ligadas à Aécio Neves. O executivo também acusou o ex-ministro de Dilma Rousseff, Edison Lobão, de cobrar propina em contratos na área de energia da Odebrecht. Em 2017, o delator também informou que a empresa ofereceu R$ 20 milhões para ex-diretores de Furnas para comprarem apoio de congressistas e, com isso, assegurar a permanência nos cargos. 

 

 

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS