Mundo Quarta-Feira, 10 de Abril de 2019, 22h:00 | Atualizado:

Quarta-Feira, 10 de Abril de 2019, 22h:00 | Atualizado:

FARSA

Ex-política é presa após se passar por vítima de Brumadinho

 

RedeTV

Compartilhar

WhatsApp Facebook google plus

DEPUTADA CERTO.jpg

 

Ana Maria Vieira Santiago, 57 anos, foi presa pela Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) após ser acusada de se passar por vítima da tragédia de Brumadinho (MG). A mulher, que chegou a ser candidata a deputada distrital no DF em 2014, pelo MDB, alegou ter uma fazenda na região do Parque da Cachoeira, local atingido pelo rompimento da barragem no dia 25 de janeiro. Ela chegou a receber R$ 65 mil de indenização da Vale.

De acordo com a Polícia Civil de Minas Gerais, Ana Maria, natural de Anápolis (GO), convenceu alguns moradores de Brumadinho a participar do golpe.  Eles mentiram ao afirmar que a ex-candidata tinha uma propriedade na região e que o sustento dela vinha da atividade agropecuária. As testemunhas vão responder por falsidade ideológica.

Em entrevista ao Portal da RedeTV!, a Polícia Civil detalhou que a investigação teve início assim que a brasiliense fez o cadastro para receber a indenização. Após o ato, ficou comprovado de que ela nunca teve imóvel no município mineiro. Ana Maria responderá por estelionato. 

A prisão ocorreu em 18 de março. No dia 1 de abril, pelo despacho do juiz Rodrigo Heleno Chaves, da comarca de Brumadinho, condicionou a liberdade provisória da ré à devolução dos R$ 65 mil doados pela Vale.

O advogado Marco Antonio Gil Rosa de Andrade, que representa a ex-candidata do MDB, não foi encontrado para comentar o caso.

Falsos desaparecidos

A Polícia Civil já pediu a retirada de 17 nomes da lista de desaparecidos da tragédia em Brumadinho, 11 tinham erros de grafia, estavam duplicados ou eram pessoas que estavam vivas e não haviam comunicado às autoridades. Sobe para 224 o número de mortos identificados e 69 seguem desaparecidas. 

 





Postar um novo comentário





Comentários

Comente esta notícia






Copyright © 2018 Folhamax - Mais que Notícias, Fatos - Telefone: (65) 3028-6068 - Todos os direitos reservados.
Logo Trinix Internet