20 de Outubro de 2019,

Mundo

A | A

Sábado, 21 de Setembro de 2019, 15h:00 | Atualizado:

Major Olímpio fica no PSL e quer saída de Flávio Bolsonaro

O líder do PSL no Senado, Major Olímpio (SP), reafirmou ao Broadcast Político, sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado, o seu desejo de que o senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) deixe a sigla. Major Olímpio também expressou vontade de continuar no partido: "Vou resistir e mostrar que estou com o presidente Bolsonaro. Eu não sairei".

Nesta quarta-feira, 18, no ato de filiação da senadora Juíza Selma Arruda (MT) ao Podemos - após ter deixado o PSL - Major Olímpio afirmou que ela trocou de legenda "porque está do lado certo". Sobre outros integrantes da bancada do PSL no Senado, Olímpio informou que "(a senadora) Soraya Thronicke (MS), disse que não sairá". "O outro senador é o Flávio Bolsonaro (RJ), que eu já disse que gostaria que deixasse o partido", afirmou o líder do PSL.

Também o líder do governo no Senado, Fernando Bezerra (MDB-PE), colocou o cargo à disposição do presidente Jair Bolsonaro. Bezerra foi alvo de um mandado de busca e apreensão cumprido pela Polícia Federal na manhã da última quinta-feira, 19.

Ao avaliar a semana do PSL e da base do governo no Senado, Major Olímpio falou que foi "ruim porque perdemos a Selma".

 

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS