25 de Fevereiro de 2020,

Polícia

A | A

Quinta-Feira, 16 de Janeiro de 2020, 17h:50 | Atualizado:

OPERAÇÃO HYDRUS

Acusado de tráfico e lavagem de dinheiro em MT é preso

A Polícia Judiciária Civil de Guarantã do Norte (715 km ao norte de Cuiabá) prendeu mais um dos alvos da Operação Hydrus, com apoio da Polícia Civil do Pará. O foragido foi preso no início da tarde desta quinta-feira (16.01) no distrito de Castelo dos Sonhos, município de Moraes de Almeida, no estado paraense.

Com a prisão desse suspeito já são 35 as pessoas presas em decorrência das investigações realizadas pela Polícia Civil na região de Guarantã do Norte. A Operação Hydrus foi deflagrada no mês de novembro passado para cumprimento de mandados judiciais contra suspeitos de tráfico de drogas, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

As investigações da Hydrus se basearam em informações obtidas a partir de outra operação, a 'Mercúrio', realizada também em 2019. Ambas investigam organização criminosa que tentava se instalar no município.

Foram oito meses de apurações em relação a crimes de tráfico de drogas, associação ao tráfico, lavagem de dinheiro e organização criminosa conduzidas pela Delegacia Municipal de Guarantã do Norte, com apoio do Núcleo de Inteligência da Delegacia Regional. O delegado Waner dos Santos Neves representou pela prisão temporária dos suspeitos e pelos mandados de buscas e apreensões deferidos pela justiça local.

Foram apreendidas durante a operação cinco armas de fogo, sendo três pistolas, uma carabina e um revólver; um simulacro de arma de fogo, entorpecentes, munições e R$ 40 mil.

A operação contou com apoio de equipes das delegacias de Sinop, Nova Mutum, Alta Floresta, do Grupo de Operações Especiais (GOE) e Polinter.

 

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS