07 de Dezembro de 2019,

Polícia

A | A

Quarta-Feira, 04 de Dezembro de 2019, 18h:25 | Atualizado:

TUDO PARA VOLTAR

Advogado é preso por mandar roubar ex-mulher e filha em MT

Suspeito queria provocar terror na vítima para reatar relacionamento

policia-civil-mato-grosso-638x381.jpg

 

Um advogado, apontado como mandante de um roubo ocorrido em Nova Bandeirantes (1.026 km ao Norte de Cuiabá), foi preso pela Polícia Judiciária Civil, na manhã desta quarta-feira (04.12), na última fase da operação “Prudentia”, deflagrada para cumprimento de mandados de prisão e de busca e apreensão domiciliar.

O suspeito E.C.A. foi preso em ação da Delegacia de Polícia do município com apoio da Delegacia de Polícia de Nova Monte Verde. Ele foi identificado como planejador do roubo com restrição de liberdade, praticado contra sua ex-esposa e filha.

Segundo as investigações, o crime foi motivado após a separação do casal, quando a vítima não aceitou reatar o relacionamento com o suspeito. Por não aceitar o término, o advogado arquitetou o assalto visando o prejuízo patrimonial e psicológico, para fragilizar e convencer a vítima a voltar para o casamento.

O crime aconteceu na madrugada do dia 07 de agosto, quando os dois suspeitos (pai e filho) contratados pelo advogado entraram na casa das vítimas (ex-mulher e filha, de 13 anos), que foram rendidas e trancadas no banheiro. Na ação criminosa, os suspeitos subtraíram joias, aparelhos celulares, notebook e um carro HB20 que foi presente dado pelo ex-marido.

Durante a fuga, o suspeito que conduzia o veículo roubado capotou o automóvel na Rodovia MT 208. Ambos executores do roubo foram presos e em interrogatório, apontaram o E.C.A. como o mandante do crime mediante promessa de recompensa. O suspeito auxiliou materialmente os contratados tanto antes quanto após o crime.

Diante dos indícios, a Polícia Civil representou pelo pedido de prisão contra o advogado e de busca e apreensão na casa e no escritório do investigado, decretados pela Justiça.

De posse das ordens judiciais, os policiais civis de Nova Bandeirantes e de Nova Monte Verde efetuaram a prisão de E.C.A, que depois de preso foi ouvido e posteriormente recolhido ficando à disposição do Poder Judiciário.

 

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • antonio | Quinta-Feira, 05 de Dezembro de 2019, 06h43
    3
    0

    liga pro GILMAR seu besta se tiver dinheiro ou apoio politico ele te solta na hora

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS