31 de Março de 2020,

Artigos

Polícia

A | A

Terça-Feira, 21 de Janeiro de 2020, 16h:28 | Atualizado:

ESTADO GRAVE

Criança sofre traumatismo craniano após cair em creche em MT


Gazeta Digital

criancapes.jpg

 

Uma criança de um ano e 3 meses está internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), do Hospital Santa Casa de Rondonópolis (215 km ao Sul), desde o dia 10 de janeiro. Ele foi diagnosticado com traumatismo craniano e não tem previsão de alta. B.M.E.O. foi encontrado desacordado e sangrando na creche Hotelzinho Chapeuzinho Vermelho, em Campo Verde (131 km ao Sul).

A denúncia do ocorrido na creche foi feita pela tia do menino, 9 dias após a internação, pois a unidade educacional não estaria prestando apoio à família. Na publicação feita em rede social, Ariadis Oliveira pede orações pelo sobrinho que está “vivo por um milagre”.

No texto, a tia conta que a família foi informada de que o menino foi encaminhado para o hospital da cidade 40 minutos após ele ser encontrado sangrando. Uma menor foi que ligou para os pais. Segundo a tia, a responsável pelas crianças disse que eles estavam na área externa da creche e deixou B.M.E.O., sozinho por alguns instantes enquanto levou outro aluno para dentro da sala. 

Quando ela voltou, o menino estava sangrando pelo ouvido e desacordado.A tia relata que ao questionar a monitora, esta respondeu que não sabia o que poderia ter acontecido. Supunha que ele deveria ter caído do escorregador e batido a cabeça.

“Quem socorreu disse que já tinha um tempo que o Benjamim estava sangrando até a mesma chegar porque havia sangue seco no local, e nenhuma marca de sangue no escorregador onde a monitora alega ter acontecido o ‘acidente’”, diz trecho do depoimento.

Ao perceberem a situação, os monitores pediram socorro a quem passava pela rua. Um motociclista pegou o menor e levou para o hospital. O menino recebeu atendimento no hospital da cidade e foi transferido para Rondonópolis.De acordo com a tia, o menino sofreu “Traumatismo craniano, atingindo a parte base do crânio e a mastoide. Duas paradas cardiorrespiratória, duas transfusão de sangue devido à hemorragia e hemorragia interna”.

Outro lado

A reportagem procurou o Hotelzinho Chapeuzinho Vermelho e o responsável informou que foi orientada a não dar declarações e não iria se pronunciar sobre o caso.

 

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Antônio | Terça-Feira, 21 de Janeiro de 2020, 18h08
    0
    0

    Como assim??? Não vão pronunciar...

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS