19 de Agosto de 2019,

Polícia

A | A

Sexta-Feira, 21 de Março de 2014, 08h:58 | Atualizado:

MORTO PELAS COSTAS

Homem assassinado no Parque do Lago tinha passagens por estupro


Da Redação

A Delegacia de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP) investiga a possibilidade da morte de Diego Max de Moraes, 24 anos, ter sido motivada por vingança. Diego foi assassinado com vários tiros no bairro Parque do Lago.

Segundo o delegado André Renato Gonçalves, a vitima tinha passagens por tentativas de estupro. Em janeiro de 2011, ele foi preso em flagrante abusando sexualmente de uma menina de 14 anos.

Diego passou alguns meses detidos no presídio do Capão Grande, em Várzea Grande.

O Caso

Diego Max de Moraes foi assassinado na tarde desta quarta feira (19), quando andava por uma rua no Parque do Lago e foi surpreendido por duas pessoas que estavam em uma moto e fizeram vários disparos contra ele enquanto corria.

O rapaz ainda conseguiu correr até a Avenida 31 de Março, mas caiu e morreu no local.

 

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS