17 de Fevereiro de 2020,

Polícia

A | A

Sexta-Feira, 24 de Janeiro de 2020, 21h:10 | Atualizado:

DESABAFO

Influencer cita ciúme possessivo de médico e se diz aliviada em MT

Carla Bora revelou que foi agredida pelo ex-narmoado por várias vezes


G1

carlabora3.jpeg

 

A influencer digital Carla Marina Reis de Morais, de 26 anos, que publicou fotos de hematomas e vídeos afirmando que foi agredida pelo namorado, contou que namorava o médico, de 32 anos, há sete meses e que desde o início do relacionamento sofria agressões. O G1 tenta localizar a defesa do suposto agressor.

Em entrevista, 'Carla Bora' disse que o namorado mora em outro estado e que eles começaram a conversar pelas redes sociais. Algum tempo depois, se encontraram pela primeira vez e começaram a namorar. "Sempre foi muito atencioso, mandava flores, fazia promessas de amores, mas isso mudou. A gente passou a morar juntos em um apartamento. Logo no início, percebi que ele ciumento, mas não imaginava chegar a esse ponto. Quem está num relacionamento abusivo, não percebe", contou.

A primeira agressão, segundo a vítima, ocorreu logo no primeiro mês de namoro. "Comecei a perceber que era um ciúme possessivo. Tinha ciúmes do meu trabalho, dos meus amigos, das roupas que eu usava.Tudo era motivo de briga. Se alguém comentasse na minha foto, ele respondia. Eu sempre apagava, pois o Instagram hoje é minha ferramenta de trabalho", explicou.

Segundo Carla, o médico sempre prometia mudança e voltava a ser carinhoso depois das brigas. No entanto, em dezembro do ano passado e nos dias 15 e 17 deste mês, foi quando ocorreram as agressões mais graves. "Ele me agrediu em público. Depois disso, registrei um boletim de ocorrência e solicitei medida protetiva. Ficamos separados por três semanas e voltamos a conversar pelas redes sociais. Ele falou com meus pais e pediu mais um chance", contou.

Ao retomar o namoro, Carla afirmou que acreditou que o médico mudaria. "No início foi só amor, promessas. Resolvi tirar a medida protetiva. Foi questão de dias e tudo voltou a acontecer de novo. Aquilo já estava passando dos limites e muita gente já estava percebendo", disse.

Na semana passada, a influencer contou que foi agredida novamente e ficaram vários hematomas pelo corpo. Ela afirmou que passou a ser perseguida pelo suspeito e resolveu denunciá-lo novamente e tornar o caso público. "Percebi que estava passando dos limites quando ele foi até a casa dos meus pais no sítio e pediu a eles para me tirar de perto dele. Ele também deu um prazo para que eu retirasse todas as minhas coisas do apartamento. Fizemos tudo que ele pediu", afirmou.

Depois do término, entre a semana passada e está semana, Carla recebeu mais de 100 ligações do ex-namorado. "Ele ligou várias vezes, mandou mensagens. Bloquei uns quatro números e o excluí das redes sociais. Depois que expus o caso, ele parou de me perseguir. Acredito que hoje o melhor lugar para eu ficar é ao lado do meu pai e da minha mãe" disse.

Nessa quinta-feira (23) um novo boletim de ocorrência contra o suspeito foi registrado por ela. Carla disse ainda que realizou exames de corpo de delito e solicitou uma nova medida protetiva. "Apesar disso, ainda tenho medo. Medo dele fazer algo com a minha família ou tentar me prejudicar no trabalho. Mas temos que ter coragem. Muita coragem. Depois que tomei essa decisão estou me sentindo mais aliviada. Que isso sirva de alerta para qualquer mulher", ressaltou.

A Polícia Civil informou que o caso está sendo investigado pela Delegacia Especializada de Defesa da Mulher de Cuiabá.

Galeria de Fotos

Postar um novo comentário

Comentários (8)

  • Regis | Sábado, 25 de Janeiro de 2020, 11h38
    5
    4

    POIS É CADA O GRUPO DA MULHERADA QUE FOI PARA RUA IMPEDIR UM TRABALHADOR ARRUMA EMPREGO...VÃO PARA RUA AGORA...

  • Marcinho | Sábado, 25 de Janeiro de 2020, 10h43
    3
    2

    Vixi....sei não.....mais.....não há maldição sem causa..

  • Eliane | Sábado, 25 de Janeiro de 2020, 07h58
    9
    0

    Eu me pergunto o que um cara quer com uma mulher linda dessas se não tem estrutura psicológica para conduzir a relação ? Ele sabia como era a vida dela , pq entrou ? Esses desequilibrados fazem isso pq a mulher não tem a mesma força física e a justiça é branda .

  • Jones pica pau | Sexta-Feira, 24 de Janeiro de 2020, 23h14
    5
    2

    Carla vai lá pra casa que eu vou cuidar de você

  • Santos. | Sexta-Feira, 24 de Janeiro de 2020, 22h05
    0
    0

    Será Júlia????????

  • CHICO XIBATA | Sexta-Feira, 24 de Janeiro de 2020, 21h44
    6
    13

    CARLA SOU SEU FÃ, VOCÊ É LINDA NÃO PRECISA DE SE HUMILHAR PARA NINGUÉM SÓ PARA DEUS, VOCÊ JÁ ERA PARA TER SEU PRÓPRIO PROGRAMA A NÍVEL NACIONAL, É CONHECIDA RESPEITADA ÁGORA VEM UM VÔMITO DESTE QUERER BABA EM VOCÊ, SAI FORA MESMO SEJA FELIZ VOCÊ É UMAESTRELA NASCEU PARA BRILHAR ENTÃO VÁ EM FRENTE E DEUS TE ABENÇOE.

  • Paolo | Sexta-Feira, 24 de Janeiro de 2020, 21h24
    19
    6

    Já tinha apanhado aí TIROU a medida protetiva...mulher de malandro...pode desse o sarrafo que ela gostcha.

  • Júlia | Sexta-Feira, 24 de Janeiro de 2020, 21h20
    18
    4

    Quem não te conhece que te compre.

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS