20 de Novembro de 2019,

Polícia

A | A

Sexta-Feira, 08 de Novembro de 2019, 17h:58 | Atualizado:

SEM PACIÊNCIA

Mãe agride professora por dar nota baixa para aluno em MT

Educadora alega que foi xingada por mau desempenho de criança

boletimescolar.jpg

 

Uma professora da rede municipal de Sinop, a 503 km de Cuiabá, procurou a delegacia para registrar um boletim de ocorrência por agressão. Segunda educadora, a mãe de um aluno a xingou por não concordar com as notas baixas do filho.

Ainda segundo a profissional, a mãe já havia sido alertada sobre a situação do filho, incluindo o baixo desempenho nas provas. Na época, a mãe do aluno alegou que estaria enfrentando alguns problemas pessoais e que isso estaria atrapalhando o desenvolvimento do menino.

Quanto a isso, a professora relatou no boletim de ocorrência que a direção da escola tentou ajudar a criança e conseguiu encaminhamento para acompanhamento psicológico. Entretanto, a mãe não levou o aluno à unidade de saúde e ele perdeu a vaga.

Recentemente, durante a entrega de notas, a mãe de exaltou e agrediu verbalmente a professora, por não concordar com as notas do menino. A Polícia Civil está investigando o caso.

Entretanto, por se tratar de um assunto pessoal e envolver menor, o assunto segue em sigilo. A Secretaria Municipal de Educação está apurando o caso para levantar em qual das unidades ocorreu o fato.

Da mesma maneira, a partir da identificação da profissional, se prontifica a dar apoio à servidora,, bem como a dialogar com a família, visando evitar situações dessa natureza no município.

 

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • MARIA TAQUARA | Sábado, 09 de Novembro de 2019, 10h09
    1
    0

    o boletim do garoto é o da foto? se sim a mãe tem que bater na metade da escola!

  • Leal | Sábado, 09 de Novembro de 2019, 09h32
    2
    0

    Viva!!!! Pátria Educadora da DIUMA e do PT!!! Fosse uma Escola Militar e essa Maria Lôca ia ver o que é bom pra tosse...

  • Antônio | Sábado, 09 de Novembro de 2019, 07h18
    2
    0

    Isso aí... passa a mão na cabeça do filho... que ele se tornará um futuro marginal...

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS